Links de Acesso

Anúncio publicitário da Kia foi o mais visto durante o Super Bowl

  • Redacção VOA

Huston foi palco da final

Fabricantes de carros lideraram as preferências.

A fabricante de automóveis Kia venceu este ano o USA Today Ad Meter, premiação anual promovida por aquele jornal americano para escolher os melhores avisos publicitários exibidas durante a final do campeonato de futebol americano, o Super Bowl, realizado no domingo, 5.

O anúncio publicitário "Hero's Journey" é protagonizado pela humorista Melissa McCarthy e promove o novo carro híbrido da marca automóvel.

Em estilo bem desengonçado, o vídeo mostra a actriz em diferentes causas ambientais, desde salvar baleias até tentando salvar árvores, evitar o descongelamento do ártico e até salvar rinocerontes.

Mas ela não se saiu muito bem naquelas tentativas.

O Superbowl é um dos eventos de maior audiência nos Estados Unidos e o espaço publicitário mais caro da TV norte-americana.

Anualmente, os anúncios publicitários divulgadas no Super Bowl têm grande repercussão tanto pela criatividade dos comerciais quanto pela fortuna desembolsada pelos anunciantes.

Este ano, os fabricantes e carros lideraram a lista de melhores anúncios na opinião do público.

A Honda ficou em 2º lugar, com o filme "Yearbooks", que resgatou fotos de juventude de vários famosos, seguida da Audi, com a campanha "Daughter", que se propôs a falar sobre a igualdade de género.

A Budweiser, que venceu a premiação em 2013, 2014 e 2015, ficou em 4º lugar neste ano com o anúncio "Born the Hard Way".

O filme alfineta a política anti-imigração de Donald Trump ao mostrar a saga do co-fundador da marca de cerveja, um imigrante alemão que se mudou para os Estados Unidos na década de 1850.

A premiação é promovida pelo jornal USA Today desde 1989.

Este ano, mais de 15 mil pessoas participaram da votação online.

Audiência

A transmissão do Super Bowl no domingo para os Estados Unidos, realizada pela Fox, teve uma média de audiência de 48,8 pontos, de acordo com dados da Nielsen divulgados pela emissora.

Segundo a agência Reuters, o índice ficou abaixo do registrado nas duas últimas edições, apesar de uma reviravolta surpreendente na partida que deu o título ao New England Patriots, na primeira vez que uma final do Super Bowl vai a prolongamento.

O número tem como base 56 grandes mercados dos Estados Unidos, que representam cerca de 70 por cento do país e servem como um indicativo prévio do número final de telespectadores.

No Twitter, a vitória do New England Patriots gerou 27,6 milhões de tweets.

O Brasil foi o segundo país que mais conversou na plataforma sobre o Super Bowl, com 1,5 milhão de Tweets, atrás somente dos Estados Unidos.

XS
SM
MD
LG