Links de Acesso

Anulação da eleição de Costa Júnior pode provar instabilidade e afastar investidores


Sala do Tribunal Constitucional de Angola

Multiplicam-se as reacções à notícia avançada em Angola na terça-feira, 5, pela imprensa pública sobre a anulação da eleição do presidente da UNITA, principal partido da oposição, Adalberto Costa Júnior.

Enquanto o Tribunal Constitucional não notifica nem a UNITA, nem o seu presidente, e não divulga o acordão, certos sectores temem por alguma instabilidade política e social em ano pré-eleitoral.

A decisão, a confirmar, é irrevogável, segundo juristas, mas há advertências que em caso de instabilidade os investidores externos podem evitar o país.

Acompanhe a reportagem:

Jurista diz que decisao do TC sobre a UNITA é “política” – 2:05
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:03 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG