Links de Acesso

Antigos militares detidos em manifestação "violenta" em Luanda


Eles exigem entrada na Polícia Nacional

Em Angola, 11 antigos militares foram detidos na tarde de quinta-feira, 1, quando participavam numa manifestação perto da Unidade Militar do Grafanil, na qual reclamavam a entrada na Polícia Nacional (PN) depois de terem prestado serviço militar.

Em comunicado, o comando provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN) classificou a manifestação de “violenta”, e disse que queimaram pneus e troncos de árvores, colocaram pedras e quebraram vidros de viaturas que circulavam na zona.

Os 11 detidos, que integram um grupo de 300 antigos militares que depois do serviços nas Forças Armadas Angolanos e que aguardam a sua integração na PN, vão ser acusados do crime de assuada e danos materiais.

Desconhece-se quando serão presentes ao tribunal.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG