Links de Acesso

Antigo director do Comércio, Indústria e Recursos Minerais do Uíge condenado por peculato


Rua da cidade do Uíge, em Angola

Defesa diz que a sentença foi ponderada

O Tribunal Provincial do Uíge condenou na segunda-feira, 17, o ex-director provincial do Comércio, Indústria e Recursos Minerais, Bonseque Mboso Mansoni, a três anos de prisão maior com pena suspensa por crimes de peculato e falsificação de documentos e a restituição de mais de sete milhões de kwanzas aos cofres do Estado.

Com Bonseque Mansoni, foi também condenado a dois anos de prisão maior com uma pena suspensa e uma multa de 400 mil kwanzas o empresário Eugénio Ferra, pela prática de crime de peculato na qualidade de cúmplice, de acordo com a sentença lida pelo Juiz Mário dos Prazeres.

Na sentença, o juiz disse que a pena ficou suspensa com a condição dos co-réus pagarem os valores no prazo de 90 dias.

A advogada de defesa dos réus, Edna Bambi, diz estar de acordo com a sentença, mas que vai no entanto ponderar se cabe recurso ou não.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG