Links de Acesso

Angola: OGE aprovado no Parlamento, "chumbado" pela oposição


Especialista diz que orçamento nunca beneficiou os angolanos

Os dois principais partidos da oposição angolana criticaram o Orçamento Geral do Estado (OGE), afirmando que vai piorar a situação económica dos angolanos.

O documento foi aprovado na generalidade na Assembleia Nacional com 119 votos favoráveis, 46 contra e nove abstenções.

O Governo disse tratar-se de um passo para a reabilitação da economia angolana em profunda crise há vários anos.

Orçamento aprovado na generalidade criticado pela oposição - 2:21
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:21 0:00

O OGE tem despesas e receitas de mais de 15 mil milhões de kwanzas e o Executivo assegura que vai permitir o início do pagamento da dívida pública.

Albertina Ngolo, economista e deputada da UNITA, disse que com grande parte do OGE destinada ao pagamento da dívida pública", temos menos meios para investir na agricultura, na indústria, pescas, comércio.

“Para além da dotação na saúde e educação, se olharmos para a taxa de inflação e desvalorização do kwanza, entendemos que este OGE estará aquém dos objectivos de desenvolvimento humano", defendeu, por seu lado,
Manuel Fernandes, deputado da CASA CE, para quem trata-se de “um orçamento onde nada está previsto para o investimento".

Entretanto, o economista Damião Cabulo entende que o OGE em Angola nunca serviu o povo.

"Não tem servido para melhorar a vida do cidadão porque foi sempre um instrumento para enriquecimento dos que governam", sublinhou Cabulo que disse esperar que o OGE 2020 seja diferente.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG