Links de Acesso

Angola Fala Só - Araújo Kacyke Pena: "Homenagens a Jonas Savimbi vão decorrer em todo o país"


Araújo Kacyke Pena, secretário para o Património da UNITA
1 Fev 2019 AFS Araújo Kacyke Pena: "Homenagens a Jonas Savimbi vão decorrer em todo o país"
please wait

No media source currently available

0:00 1:00:00 0:00

A UNITA planeia levar a cabo homenagens a Jonas Savimbi em todo o país quando se realizar o funeral do fundador do partido no Bié, disse no “Angola Fala Só” Araújo Kacike Pena, secretário para o Património da UNITA.

No programa em que muitos ouvintes e internautas saudaram a vida de Jonas Savimbi, Kacike Pena disse não haver ainda uma data específica para o funeral (apesar de ter anteriormente admitido que podia ser a 6 de Abril) e que isso será acordado após os peritos revelarem os resultados do DNA do corpo exumado no Luena, na quinta-feira, 31.

"Isso servirá para garantir que o corpo exumado é efectivamente o de Jonas Savimbi", disse.

Araújo Kacike Pena adiantou que o Governo terá uma parte nesse funeral, pois compete-lhe garantir a segurança

Interrogado sobre por que o primeiro presidente da UNITA não será enterrado em Luanda, Kacike Pena, que é também sobrinho de Savimbi, revelou que ele sempre afirmou que “se um dia vos deixar quero ser levado para a minha terra”, o Bié.

É lá que estão também enterrados os seus familiares.

“Jonas Savimbi vai ter um enterro condigno”, garantiu Kacique Pena, adiantando que a UNITA está a planear eventos em que “todas as províncias estarão representadas”.

O secretário do Património da UNITA revelou ainda que o partido está a preparar uma história da orgaização e dos seus dirigentes para “corrigir” informação errada sobre essa história.

No programa o também deputado foi várias vezes interrogado sobre a avaliação que faz do actual Governo do Presidente João Lourenço

Kacike Pene respondeu que são os angolanos que devem fazer essa avaliação, acrescentando que “cada angolano sente na sua pele essa governação”.

Contudo, sublinhou, “a governação do MPLA continua a ser mesma”, porque “são os mesmos governadores, os mesmos dirigentes”.

E concluiu "é preciso haver mudança”

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG