Links de Acesso

Analistas questionam objectivo do Governo angolano de integrar grupo de países de desenvolvimento humano elevado


Luanda

Meta está no Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022

O Executivo angolano pretende integrar, até 2025, o grupo de países de desenvolvimento humano elevado (IDH) das Nações Unidas.

Objectivos de desenvolvimento do governo angolano não são realistas - especilaistas - 2:20
please wait

No media source currently available

0:00 0:02:20 0:00

Este objectivo consta do Plano de Desenvolvimento Nacional 2018-2022 pelo Governo, mas analistas duvidam que ele seja alcançado.

Angola encontra-se na posição 150 entre 188 países na lista do IDH de 2016, o que significa que terá de subir 50 lugares.

O especialista em políticas publicas, económicas e desenvolvimento David Kissadila considera que até 2012 a economia angolana tinha alcançado um boom do petróleo com níveis bastante satisfatórios e nessa altura teria sido possível, mas hoje é quase impossível.

“Com a crise do petróleo e, sobretudo, a má governação, o roubo do erário publico, o saque do dinheiro, o nepotismo, o compadrio, o tráfico de influência em que vale mais a militância partidária, não será possível atingir esse objectivo”, sustenta Kissadila.

Por seu lado, o economista Faustino Mumbica diz que sonhar não é proibido e que o mais importante não é fixar metas, mas assumir os compromissos e mostrar capacidade para realizar os objectivos.

Para Mumbica fala-se de serviços hospitalares, eficácia e eficiência, mas em 2015 perto de 100 mil estudantes ficaram fora do sistema de ensino e neste ano lectivo o número aproxima-se de meio milhão.

“Não acredito que o Governo tem a capacidade de realizar o que promete e se olharmos para o Orçamento Geral do Estado para este ano, vemos que nado nos leva a crer que tal será conseguido”, conclui Mumbica.

Refira-se que no último Índice de Desenvolvimento Humano da ONU de 2016, Angola ocupou a 150ª posição – num total de188 países -, no grupo dos países de baixo desenvolvimento humano, atrás da Síria e da Suazilândia.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG