Links de Acesso

Amnistia Internacional pede libertação de estudantes condenados em Malanje


Jovens detidos em Malanje recebem visitas da OMUNGA

OMUNGA desenvolve campanha "Malanje é Livre"

A Amnistia Internacional (AI) juntou-se à campanha de solidariedade da associação OMUNGA para a libertação de três estudantes condenados a penas de prisão em Malanje pelo Tribunal da Comarca local, alegadamente por integrarem um grupo que supostamente apedrejou a comitiva do vice-presidente da República no dia 4 de Abril naquela província.

A AI apela à libertação imediata e incondicional de Afonso Simão Muatchikukulu, Justino Horácio António Valente e António José Fernando e pediu às autoridades que respeitem dos direitos de liberdade de expressão, associação e de reunião pacifica.

A OMUNGA, que representa o grupo de trabalho dos direitos humanos junto da União Africana, e um grupo de activistas desenvolvem uma série de acções no âmbito da campanha “Malanje é Livre”.

A acção da OMUNGA parece começar a dar resultados.

Na quinta-feira, 21, os reclusos foram transferidos da cadeia da Damba, município de Mucari, para o Estabelecimento Prisional da Comarca, na cidade de Malanje, onde serão acompanhados pelos familiares, receberão assistência médica e poderão continuar a estudar.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG