Links de Acesso

Amadou Gon Coulibaly, primeiro-ministro da Costa do Marfim, faleceu aos 61 anos


Amadou Gon Coulibaly, primeiro-ministro da Costa do Marfim

O primeiro-ministro da Costa do Marfim, Amadou Gon Coulibaly, candidato do partido no poder às eleições presidenciais de outubro, morreu na quarta-feira aos 61 anos, informou a presidência.

"Estou profundamente triste ao anunciar que o primeiro-ministro Amadou Gon Coulibaly, chefe do governo, nos deixou esta tarde depois de participar de uma reunião de gabinete", disse Patrick Achi, secretário-geral da presidência da Costa do Marfim, na televisão pública.

Coulibaly regressara ao país na semana passada, após uma ausência de dois meses em França para receber tratamento médico a problemas cardíacos recorrentes.

No inicio de Março tnha sido escolhido como candidato presidencial pelo partido do presidente Alassane Ouattara depois que Ouattara terminou meses de especulação e disse que não tentaria um controverso terceiro mandato controverso.

Após o encerramento das fronteiras da Costa do Marfim devido à pandemia de coronavírus, Coulibaly - que fez um transplante de coração em 2012 - viajou para a França a 2 de maio para consultas médicas.

Ele recebeu um estente cerca de uma semana depois de chegar à França após um exame de suas artérias coronárias.

“Estou de volta para ocupar meu lugar ao lado do presidente, para continuar a tarefa de desenvolver e construir nosso país, a Costa do Marfim", disse Coulibaly ao chegar ao aeroporto da principal cidade de Abidjan, na quinta-feira passada.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG