Links de Acesso

Alta tensão entre Rússia e Ucrânia


Barcos de papel em protesto contra acção russa

Moscovo prende três barcos ucranianos e Kiev pretende declarar lei marcial

As autoridades da Rússia capturaram três navios ucranianos na costa da Crimeia, região anexada por Moscovo, neste domingo, 25, após ter aberto fogo contra as embarcações e ferido marinheiros.

A iniciativa pode provocar uma uma nova e perigosa crise entre os dois países.

O serviço federal de segurança russo (FSB) declarou que os seus barcos de patrulha de fronteira capturaram os navios ucranianos no Mar Negro e usaram armas para forçá-los a parar.

Em resposta, a Ucrânia negou que os seus navios tivessem feito algo de errado e o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, declarou que vai propor ao Parlamento na segunda-feira a declaração da lei marcial, que restringe as liberdades civis e dá maior poder às instituições estatais.

Ao justificar a sua ofensiva, Moscovo afirmou que foi forçado a agir porque os dois pequenos navios de artilharia blindados e um rebocador ucranianos tinham entrado ilegalmente nas águas russas e ignorado os avisos para parar

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG