Links de Acesso

Alerta para falta de alimentos em regiões do Sul de Moçambique


banner seca

Rede de Sistemas de Alerta Antecipado de Fome adverte para regiões de Inhambane a Gaza

A Rede de Sistemas de Alerta Antecipado de Fome (FEWS Net, sigla inglesa) revelou num relatório divulgado em Junho que algumas áreas das províncias moçambicanas de Gaza e Inhambane enfrentam falta de alimentos e adverte que a segurança alimentar pode deteriorar-se e estender-se a outras zonas.

Numa escala de avaliação em que cinco significa fome, as áreas referidas, mas cujos nomes não foram revelados, estão no nível três da Rede de Sistemas de Alerta Antecipada de Fome

"Depois de uma redução da colheita e de uma estação principal com produção abaixo da média, os resultados da crise já são visíveis nas áreas semiáridas de Gaza e Inhambane, exigindo assistência alimentar urgente", alerta a Rede, adiantando ser previsível “que a segurança alimentar se deteriore e se estenda a outras áreas do Sul e Central, principalmente Tete, até Janeiro de 2019".

A maioria da população do país pratica agricultura de subsistência, tirando das suas hortas os produtos com que as famílias se alimentam.

“De Junho a Setembro de 2018, a maioria das famílias pobres provavelmente consumirá alimentos da suas próprias produções e compras no mercado. No entanto, em áreas que enfrentam resultados de crise espera-se que os domicílios pobres empreguem estratégias de combate para tentar cobrir as suas lacunas alimentares”, escreve a FEWS Net.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG