Links de Acesso

Afrobasket 2021: Cabo Verde passa às meias-finais da prova


Edy Walter Tavares, basquetebolista cabo-verdiano, jogo contra Uganga, Afrobasket 2021, Ruanda

Tubarões "Martelo" defrontam os campeões africanos em título, Tunísia, na meia-final de sábado

A selecção cabo-verdiana de basquetebol classificou-se para as meias-finais do Afrobasket 2021 ao vencer nesta quinta-feira, 2, a sua congénere do Uganda por 79-71, no Kigali Arena, no Ruanda.

Os Tubarões “Martelo”, como são conhecidos, defrontam agora no sábado, 4, o campeão africano em título, Tunísia, à procura da sua primeira final na competição.

Edy Walter Tavares, o mais alto alto atleta da prova, foi considerado pela FIBA Basketball o MVP (jogador mais valioso) ao fazer 23 pontos, 15 ressaltos, quatro assistências, um roubo de bola e cinco bloqueios.

Cabo Verde esteve sempre à frente dos ugandeses, com 46 por cento de lançamentos certeiros de dois pontos contra 35 por cento, 38 por cento contra 30 por cento nos triplos lançamentos assertivos e 72 contra 64 por cento em lances livres.

Na outra partida da jornada de hoje, os tunisinos venceram folgadamente o Sudão do Sul por 80-65.

Na quarta-feira, 1, Angola foi eliminada pelo Senegal num jogo muito competitivo, mas que os “leões” levaram a melhor por 79-74.

Maior potência do basquetebol africano, com onze títulos, os angolanos começaram mal a prova, com duas derrotas, frente ao Cabo Verde e Ruanda.

O Senegal vai defrontar no sábado a Costa do Marfim que também ontem esmagou a Guiné-Conacri por 98-50.

Os vencedores dos jogos de sábado disputam o título no domingo, 5.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG