Links de Acesso

Afrobasket 2021: Angola e Cabo Verde perdem na segunda jornada


Jilson Bango, da selecção de Angola, no jogo contra o Ruanda, Afrobasket 2021, 26 de Agosto de 2021

Maior potência do basquetebol africano, Angola, sofre segunda derrota

As selecções de Angola e Cabo Verde perderam na segunda jornada do Grupo A do Afrobasket 2021, em masculinos, que decorre desde segunda-feira, 23, em Kigali, Ruanda.

O combinado angolano foi superado ante a equipa da casa por 71-68, na segunda derrota na prova dos super-campeões africanos, que no primeiro jogo, há dois dias, tinham perdido ante Cabo Verde.

Por seu lado, a equipa dos Trubarões Martelo também caíu ante a República Democrática do Congo (RDC) por 70-66.

Com este resultados, os angolanos terão de ganhar obrigatoriamente à RDC no sábado para passar à fase seguinte, enquanto os cabo-verdianos estão obrigados a vencer a Ruanda para evitar o afastamento.

Os jogos

Apesar de ter estado a vencer ao intervalo, por 38-35, Angola foi incapaz de impor-se perante a um oponente teoricamente inferior.

Nem mesmo a igualdade a 20 pontos no primeiro quarto fazia adivinhar a segunda derrota consecutiva da selecção que ostenda 11 títulos continentais.

Tal como no confronto inaugural, os angolanos perderam fôlego e claudicaram-se no quarto período do jogo.

Ivan Almeida, de Cabo Verde, atira ao cesto no jogo ante a RDC, Afrobasktet 2021, Kigali, 26 de Agosto de 2021
Ivan Almeida, de Cabo Verde, atira ao cesto no jogo ante a RDC, Afrobasktet 2021, Kigali, 26 de Agosto de 2021

A equipa de Cabo Verde, que surpreendeu na jornada inaugural ao derrotar Angola, entrou mal no jogo ao perder o primeiro quarto por 12-17.

Apesar de se ter redimido no segundo período, ao dar a volta e colocar o marcado em 22-18, os crioulos permitiram à equipa da RDC conseguir oito pontos de avanço no terceiro período, e não tiveram engenho nem força para evitar a derrota.

O Ruanda, com duas vitórias, lidera o Grupo A, enquanto Cabo Verde e RDC têm dois pontos e Angola nenhum, mas tudo está aberto para a última jornada no sábado, 28.

Nos demais grupos, o campeão em título, Tunísia, lidera o B com quatro pontos, seguido do Egipto e da República Centro-Africana com 3, e Guiné-Conacri, com dois.

A Costa do Marfim e a Nigéria estão empatadas com dois pontos, enquanto Mali e Quénia têm apenas um cada.

No Grupo D, Senegal e Sudão do Sudão têm dois pontos, e Uganda e Camarões apenas um.

A fase de grupos termina no dia 31 e os quartos-de-finais começam no dia seguinte.

A final está marcada para o domingo, 5 de Setembro.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG