Links de Acesso

Advogados abandonam defesa de Donald Trump a poucos dias do julgamento da impugnação


Antigo Presidente Donald Trump, 12 Janeiro 2021.

Juristas discordaram da estratégia do antigo Presidente de insistir que houve fraude generalizada na eleição de Novembro

A 100 dias do início do julgamento da impugnação do antigo Presidente Donald Trump no Senado, cinco advogados da equipa dele abandonaram o processo e há informações de “desordem” na defesa do republicano.

Dois proeminentes advogados da Carolina do Sul, Butch Bowers e Deborah Barbier, apontados como os principais defensores de Trump, anunciaram no sábado, 30, o abandono da equipa devido a divergências na estratégia de defesa com o antigo Presidente.

Outros três advogados que supostamente trabalharam com o antigo Presidente também deixaram a equipa.

Donald Trump enfrenta acusações de “incitamento à insurreição” no dia 6 de Janeiro quando seus apoiantes invadiram violentamente o Capitólio, no momento em que o Congresso validava a vitória de Joe Biden na eleição de 3 de novembro.

Fontes citadas pela imprensa indicam que o antigo Presidente quer que a defesa assente a sua estratégia na preseunção falsa de que ele foi vítima de fraude eleitoral generalizada, ao contrário de se concentrar nas acusações de insurreição.

Observadores dizem que Trump deve ser abolvido depois de 45 senadores republicanos terem votado recentemente a favor de uma resolução que considerava inconstitucional a impugnação, em virtude de ter terminado o seu mandato.

Donald Trump é o primeiro Presidente dos Estados Unidos a ser impugnado duas vezes, a primeira por abuso de poder e obstrução ao Congresso e agora por incitação à insurreição.

Ele, no entanto, não foi condenado no Senado devido à maioria dos votos dos republicanos.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG