Links de Acesso

Acusação contra Presidente brasileiro avança na Câmara dos Deputados


Michel Temer sofre primeira derrota no Congresso
Michel Temer sofre primeira derrota no Congresso

Processo de impugnação de Michel Temer será aberto se o plenário da Câmara dos Deputados votar a favor

O deputado Sergio Zveiter, relator na Câmara dos Deputados do processo de acusação da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o Presidente brasileiro Michel Temer, deu provimento, nesta segunda-feira, 10, à contituidade do processo.

Após a leitura do voto de Zveiter, o advogado do Presidente, António Cláudio Mariz de Oliveira, passou a apresentar a defesa de Temer à comissão, afirmando ser "mentira" que o Presidente tenha recebido "um vintém".

O relator disse que acusação contra Temer "não é fantasiosa" e os factos precisam ser apurados.

Ele observou também ser "inviável" o não prosseguimento do processo porque, segundo sublinhou, “tudo nos leva à conclusão de que, no mínimo, existem fortes indícios da prática delituosa".

Independentemente do resultado na comissão, o parecer será submetido à votação no plenário da Câmara.

Para a acusação seguir para o Supremo Tribunal Federal, o documento precisa do apoio de, pelo menos, 342 deputados.

Com base nas confissõesde executivos do grupo J&F, que controla a JBS, Michel Temer foi acusado pelo Ministério Público Federal de ter cometido o crime de corrupção passiva.

Por se tratar do Presidente da República, o STF só pode analisar a acusação se a Câmara dos Deputados autorizar.

XS
SM
MD
LG