Links de Acesso

Activistas dos direitos humanos detidos em Cabinda já foram soltos


Cidade Cabinda.

A marcha prometida para sábado dia 15 de dezembro, em Cabinda, foi interrompida pela Polícia Nacional de Angola, que deteve pelo menos sete activistas, segundo informou à VOA neste domingo, 16, o advogado Arão Tempo.

Os organizadores da manifestação Alexandre Nkuanga Nsito, Pedro Sumbo Bumba, Celestino Manhito, Augusto Massiala Lando João, Félix Ngonda Baveca, José Hilário Muanda Ngimbi e Afredo Valdimiro Ledi foram detidos pouco tempo depois de iniciada a marcha, mas segundo o advogado Arão Tempo, foram soltos no mesmo dia.

Ao telefone com a Voz da América, Arão Tempo disse não ter conhecimento da razão pela qual a polícia deteve os manifestantes, mas "que os jovens vão continuar a manifestar-se até deixarem de ser presos".

Jovens de Cabinda vão continuar a manifestar-se até deixarem de ser presos, diz Arão Tempo
please wait

No media source currently available

0:00 0:00:27 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG