Links de Acesso

Activista pede que Governo solucione problemas no Quimbele, Uíge


Rey Daddyx Manda Chuva, activista

Em entrevista à Voz da América, o activista Rey Daddyx Manda Chuva disse que a população do Quimbele, Uíge, não desfruta da paz que já foi alcançada.

“Quimbele encontra-se num estado de abandono desde 2002… As populações têm vivido problemas que o próprio Governo não consegue resolver”.

Ravina para quem vai à comuna de Icoca, província do Uíge.
Ravina para quem vai à comuna de Icoca, província do Uíge.

Segundo dados de 2014 do Instituto Nacional de Estatística (INE), o município tem em torno de 129 mil habitantes, que sofrem por não terem acesso a remédios e tratamentos, pois não há um hospital em funcionamento na cidade.

“Encontramos crianças e adultos a morrerem por falta de um paracetamol”.

O Hospital Municipal, que até hoje não foi inaugurado, corre o risco de ser destruído pela erosão causada pelas chuvas.

Educação

Manda Chuva também falou sobre o estado da educação no município e disse que desde 2002 o Quimbele tem apenas uma escola onde os estudantes frequentam o ensino primário e secundário. De acordo com o activista, as últimas chuvas destruíram o teto da escola onde são dadas as aulas do primeiro e do segundo ciclo, e os alunos estão sem sítio para continuar com os estudos, principamente agora que é a época dos exames finais.

Escola Municipal do Quimbele, II Ciclo, destruída pela chuva
Escola Municipal do Quimbele, II Ciclo, destruída pela chuva

Ravinas

Em Quimbele há três ravinas e o activista explicou que não há vias de acesso asfaltadas e nem como circular entre as três comunas do município (Alto-Zaza, Cuango e Icoca). A primeira Ravina já existe há 20 anos e ameaça uma vila.

A segunda ravina já destruiu duas salas de aula da Escola do Kindondo. A terceira ameaça o hospital, que nunca foi inaugurado.

Escola do Kindondo ameaçada por ravina no Quimbele, Uíge.
Escola do Kindondo ameaçada por ravina no Quimbele, Uíge.

​“No Quimbele falta tudo”.

No fim da entrevista, o activista pediu ao Governo para não lembrar do município apenas durante as eleições.

“Esse município é um município onde as populações amam o Governo, mas infelizmente o Governo não ama. Então pedimos que o Governo reconheça e faça alguma coisa para resolver os problemas destacados, porque a população do Quimbele vive momentos difíceis desde 2002".

Confira a entrevista

Entrevista com Rey Daddyx Manda Chuva
please wait

No media source currently available

0:00 0:06:30 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG