Links de Acesso

É fundamental investir no capital humano e envolver a juventude nas decisões mais importantes, segundo Mário Lopes


Mário Lopes, promotor de políticas para a juventude

O trabalho feito junto aos jovens da Comunidade de Língua Portuguesa pelo activista social Mário Lopes foi reconhecido recentemente com o prémio Alda do Espírito Santo, uma iniciativa da Mén Non, Associação das Mulheres de São Tomé e Príncipe em Portugal, que tem como objetivo incentivar jovens são-tomenses ao empreendedorismo social. Em entrevista à Voz da América, Lopes comentou a vitória.

“Este prémio é para reconhecer jovens que estão a fazer a diferença nas cidades são-tomenses, a criar valor e a inspirar outros jovens a fazerem coisas, criarem e serem determinados, dinâmicos e apaixonados pelo que fazem".

O ativista, que cada vez mais ganha destaque mundial, sabe da importância de investir nos jovens. Após receber um convite do Conselho Nacional da Juventude de São Tomé e Príncipe, Lopes, que reside em Portugal, viajou ao país para participar do périplo do 2º FÓRUM sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esses objetivos fazem parte da Agenda 2030 das Nações Unidas.

"O lema dos ODS é “Não podemos deixar ninguém para trás”, logo é fundamental investir nas pessoas, no capital humano, não esquecer em investir e envolver a juventude nas decisões fundamentais, pois a juventude é o presente e o futuro, sem isso podemos estar a comprometer as gerações futuras, conduzindo a um mundo sem consciência dos valores humanos, do humanismo enquanto forma de nos relacionarmos e construirmos o nosso futuro coletivo".

Lopes fez um balanço positivo sobre o fórum. "Além do papel do cidadão e das empresas, o Estado particularmente foi chamado a intensificar os seus compromissos para integrar a perspectiva da juventude na implementação da Agenda 2030".

Sobre os planos para o segundo semestre, o ativista disse que vai continuar a lutar para que os jovens tenham acesso a uma educação de qualidade e a oportunidades de emprego ou de empreendedorismo.

Ele concluiu a entrevista deixando uma mensagem a todos os jovens.

"Queridos jovens da CPLP, do mundo. É nossa missão, é nosso dever deixar o mundo melhor do que conhecemos nos dias de hoje, independentemente de qual país você é ou esteja, ou do que você faz ou de onde você está. Há um aspecto do seu trabalho, do seu sonho, que pode impactar o mundo para sempre.

Tudo começa com você. Não deixe que o medo de falhar ou de ser rejeitado o impeça de tentar. Ao iniciar esta jornada de mudança é preciso que você lembre de manter o foco, a paixão e a consistência. Deixe a integridade, a honestidade serem a sua bussola, a sua marca, e seu tempo para brilhar virá.

Precisamos caminhar passo a passo e com fé porque na verdade nós somos aqueles que tão ansiosamente aguardamos, então é preciso que nós devotemos toda nossa energia, toda nossa motivação para construirmos os nossos países, para construirmos o nosso continente, o que na verdade é o desenvolvimento sustentável que nós desejamos".

Confira a entrevista.

Entrevista com Mário Lopes
please wait

No media source currently available

0:00 0:08:42 0:00

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG