quarta-feira, 02 setembro, 2015. 18:56 UTC

Notícias / Estados Unidos

Estados Unidos: " Sequestro" aproxima-se a passos largos

Se o impasse não for ultrapassado rapidamente, cortes automáticos do orçamento entrarão em vigor já na próxima sexta-feira.

Congress
Congress
Redacção VOA
Se nada for feito em contrário, dentro de poucos dias entrará em vigor nos Estados Unidos a lei que prevê cortes substanciais do orçamento federal com um impacto visível no dia-a-dia dos americanos.

Tanto os republicanos como os democratas afirmam que se opõem ao modo como esses cortes vão ser feitos mas para já não chegaram a um acordo bipartidário para alterar essa legislação.

Se o Congresso americano nada fizer em contrário, 85 mil milhões de dólares serão cortados ao orçamento federal este ano, a primeira fatia de 1,2 triliões de dólares em cortes programados para os próximos 10 anos.

A senadora democrata Claire MCCaskill afirma que o seu partido concorda com a posição do presidente Barack Obama de que deve ser aprovada uma nova legislação contendo cortes orçamentais e aumento dos rendimentos: “Vamos votar em algo esta semana, e será numa perspectiva equilibrada. Vai conter cortes orçamentais e aumentos de impostos”.

No entanto os republicanos, que controlam a Câmara dos Representantes, opõem-se a qualquer legislação destinada a aumentar a carga fiscal.

Segundo o senador republicano Tom Coburn, a única maneira de sarar os problemas fiscais americanos é reduzir o crescimento descontrolado dos gastos federais: “ O governo federal tem actualmente o dobro do tamanho que tinha há 11 anos atrás. A actual legislação é um modo terrível de reduzir as despesas. Vai ser doloroso, mas se não cortarmos as despesas isso será desastroso para o país.”

Nesta última ronda de confrontos políticos sobre a política fiscal americana um impasse parece portanto ter-se instalado. Os republicanos não gostam da legislação prestes a entrar em vigor mas acham que a mesma é preferível aos aumentos de impostos preconizados pelos democratas.

Quanto aos democratas também não gostam daquela lei mas não querem reduzir as despesas apenas com cortes no orçamento federal como defendem os republicanos. Em poucas palavras se o impasse não for ultrapassado rapidamente a legislação conhecida como “sequestro” entrará em vigor já na próxima sexta-feira.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Mundo 2 Setembro 2015i
X
02.09.2015 17:56
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (III): Joel Almeida perdido em Nova Iorque

Desafiámos o Joel a contar-nos os seus dias e cada dia que passa é uma aventura. Perder-se em Nova Iorque tem sido uma constante. O Joel está na cidade da grande maçã para um estágio de 2 meses dentro do programa Young African Leaders Initiave, criado por Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Setembro 2015

Milahres dançam no festival tradicional suazi
Vídeo

Vídeo Manchetes americanas 1 Setembro 2015

Ben Carson, um novo Obama?
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (II): Joel Almeida e a visita à Estátua da Liberdade

Esta é a 2ª partilha de Joel e como seria de esperar Nova Iorque não é um lugar fácil. A ida à estátua da Liberdade provou ao Joel que um GPS pode ser tudo na vida.
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (I): Joel Almeida e a primeira aventura em Nova Iorque

Joel Almeida, de Cabo Verde, é designer de jogos e tem uma start-up. Participou no programa YALI por 6 semanas e dentro da mesma iniciativa está entre os 100 escolhidos para fazerem um estágio nos Estados Unidos durante 2 meses. Joel está em Nova Iorque e aceitou o desafio de nos contar os seus dias
Mais Vídeos