quinta-feira, 31 julho, 2014. 17:34 UTC

Notícias / África

Congo: Estados Unidos apelam ao diálogo tripartido

Os Estados Unidos disseram que os presidentes do Uganda, Ruanda e República Democrática do Congo devem reunir para terminar com a ocupação de Goma.

Victoria Nulland, porta-voz do Departamento de Estado
Victoria Nulland, porta-voz do Departamento de Estado
Os Estados Unidos disseram que os presidentes do Uganda, Ruanda e República Democrática do Congo devem reunir para por fim a uma rebelião congolesa que terça-feira tomou o controlo da cidade de Goma fronteiriça com o Ruanda.

A porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nulland, afirmou que a captura de Goma pelos rebeldes do grupo M23 é um sinal perigoso e preocupante para a região dos Grandes Lagos:

“Condenamos o violento assalto em curso do M23 e o facto de terem tomado agora Goma em violação da soberania da República Democrática do Congo.”

Os rebeldes do M23 disseram estarem prontos para conversações abertas com Kinshasa. Mas o governo do presidente Joseph Kabila disse que não negociará com o grupo a menos que o Ruanda esteja envolvido porque o Congo acusa o Ruanda de apoiar a rebelião.

O Ruanda nega as alegações e diz que o assunto é mais vasto do que apenas um grupo rebelde. O governo do presidente Paul Kagame afirma que o presidente Kabila não está a proteger os étnicos Tutsis no leste do Congo.

Na terça-feira, Victoria Nulland apelou aos dois presidentes para se juntarem ao presidente do Uganda, Yoweri Museveni, para porem fim à crise:

“Estamos também a trabalhar bilateralmente com os presidentes Kagame, Kabila e Museveni para encorajá-los a juntarem-se num processo de diálogo para rejeitarem qualquer tipo de solução militar para os problemas no leste do Congo Democrático e em vez de isso elaborarem um processo político que responda a queixas, para renunciar qualquer tipo de apoio externo ao M23.”

Um relatório da ONU em Junho acusou oficiais ruandeses de apoiarem o M23, levando de imediato os Estados Unidos e alguns países europeus a suspender a assistência militar a Kigali. Washington tem apelado repetidamente ao Ruanda para se distanciar do grupo rebelde.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Anónimo
24.11.2012 12:24
PORQ A TAL UNIAO AFRICANA E OS OCIDENTAIS NAO SE PRENUNCIEM COM ESTA VIOLACAO ? NO MALI ESTAO A PREPARAR UMA INVASAO CONTRA OS REBELDES MUSULMANOS , E NO CONGO PORQ NAO COMECEM A TAL PREPARACAO DE EXPULSAR OS TAIS REBELDES ? O SUPOSTO KABILA TEM SER DEPOSTO PORQ ELE E INSTRUMENTO DE KAGAME E MUSEVENI , ESTSO A APROVEITAR ROUBAR AS RIQUEZAS DO CONGO E VENDEM AS TAIS RIQUEZAS NO OCIDENTE E ADQUIRIR ARMAS . O GOV INGLES APOIA RUANDA PORQ ?


por: Anónimo
21.11.2012 21:37
O KABILA E FILHO RUANDES , ELE E O KAGAME E MUSEVENI SAO OPORTUNISTAS , SO QUEREM DAR TEMPO PARA ROUBAREM AS RIQUEZAS DO CONGO .
AS ULTIMAS ELEICOES FORAM VISIVEIS Q O POVO VOTOU NO TCHISEKEDI , OS OCIDENTAIS VIRARAM AS COSTAS DAS FRAUDELENTAS ELEICOES PORQ O KABILA JA ASSINARA OS PAPEIS Q ELE DEIXARIA ROUBAR TUDO ,E QUESTAO E LHE DEIXAREM GOVERNAR . ELE E UM BANDIDO E ASSASSINO DO SUPOSTO PAI DELE .

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Cadija Mané - Participante Yalii
X
31.07.2014 14:18
Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Vídeo

Vídeo Mamografias 3D revolucionam detecção do cancro da mama

Durante anos as mamografias desempenharam um papel vital na detecção do cancro da mama. Mas nem sempre conseguem identificar tumores perigosos. A tecnologia a três dimensões pode revolucionar a triagem e salvar vidas
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 25 Julho 2014

Os títulos que encerraram a semana no continente africano. Dos ataques do Boko Haram à expansão do vírus do ébola
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 24 Julho 2014

Os principais acontecimentos que marcam a actualidade americana na penúltima semana do mês de Julho
Mais Vídeos