sexta-feira, 12 fevereiro, 2016. 20:38 UTC

    Programas Especiais / A Sua Saúde

    Em São Tomé e Príncipe a prevalência de Sida, era de 1,5, segundo o estudo de 2008

    Bonifácio Sousa, o coordenador do programa de luta contra a Sida considera ser preciso atualizar as pesquisas

    Sida
    Sida
    Óscar Medeiros
    “Zero novas infecções, zero óbitos por HIV Sida, zero discriminação”, continua a ser este o lema deste ano para celebrar o Dia Mundial de Luta contra a Sida.

    Em São Tomé e Príncipe estudos recentes realizados em grupos-alvos, nomeadamente mulheres grávidas e trabalhadoras de sexo, indicam que há uma tendência para a diminuição do número de casos da doença.


    Bonifácio Sousa, o coordenador do programa de luta contra a Sida considera ser preciso actualizar as pesquisas.

    Em 2005 as mulheres grávidas tinham uma prevalência de 1,5 por cento e em 2011 a prevalência era de 0,5.

    Em relação às trabalhadoras de sexo também se nota uma diminuição significativa – em 2008 a prevalência era de 4,2 por cento e em 2011 zero por cento.

    A prevalência nacional, segundo o estudo de 2008, indicava ser de 1,5 por cento.
    O forúm foi encerrado
    Comentários
         
    Năo existem comentários. Seja o primeiro

    Siga-nos

    Rádio

    AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

    Sexta 16:30 - 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sexta-feira 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

    Os Nossos Vídeos

    Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
    Manchetes Mundo 12 Fevereiro 2016i
    X
    12.02.2016 19:48
    Mais Vídeos