sábado, 01 novembro, 2014. 06:02 UTC

Notícias / Mundo

Vice-presidente sul africano indeciso em concorrer a liderança do ANC

Kgalema Montlanthe diz que não é político mas que tem uma atitude política

Vice-presidente da Africa do Sul, Kgalema Motlanthe
Vice-presidente da Africa do Sul, Kgalema Motlanthe

Multimédia

Áudio
Redacção VOA
O partido no poder na África do Sul está a preparar para eleger um líder que será aparentemente conduzido a presidência do país em 2014.

Mas a figura a ser considerada como um concorrente de peso contra o actual presidente Jacob Zuma, diz que ainda  se está “agonizando” e não sabe se deve assumir ou não a presidência do Congresso Nacional Africano – ANC.

O vice-presidente sul-africano, Kgalema Motlanthe esquivou-se com habilidade do manto do poder que lhe foi oferecido por alguns partidários do Congresso Nacional Africano.

Pouco se sabe acerca de Montlanthe e das suas posições, isso apesar de ter passado duas horas na Sexta-feira, falando para jornalistas estrangeiros. O maior concorrente de Kgalema Motlanthe pode até vir a não ser o ainda presidente Jacob Zuma. Parece ser…ele próprio. A prova está na sua reacção a recente nomeação de Motlanthe como candidato a liderança do partido por núcleos internos do ACN, incluindo o influente núcleo da província do Gauteng.

“Meus, meus, meus sentimentos são completamente neutros.”

Estas palavras parecem descrever quão diferente é Montlanthe do presidente. Jacob Zuma é raramente descrito como neutro – quer dizer, depois de tudo, um homem que disse no início deste ano que as mulheres não deviam ser solteiras e que ser mãe é “uma capacitação extra” para as mulheres.

Motlanthe pelo contrário, tem um ar de profissional e uma forma de dizer muito pouco através de muitas palavras. É conhecido através das lides do ANC, e tem dado pouca informação sobre como iria dirigir a nação diferentemente de Jacob Zuma. Fala dos vários problemas da África do Sul – educação, questões de saúde, crime, corrupção e reformas agrárias entre outras – mas não oferece nenhuma solução clara.

O vice-presidente disse que ele e Zuma estão de acordo sobre as políticas a empreender. Mas disse também que o ANC precisava de reformas.

“Não podemos apoiar na gloriosa história do ANC. História é apenas o valor que nos é inculcado como lição. Mas se somos insignificantes hoje, o ANC irá contar zero.”  

Motlanthe disse que está se “agonizando” acerca da decisão em aceitar a nomeação – já lá vão duas semanas – mas disse então para a supresa de muitos, que mesmo que seja eleito líder do partido, não quererá dizer que será presidente. A presidência é assumida pelo mais alto responsável do ANC, desde que o partiu assumiu o poder em 1994, mas Kgalema Motlanthe realçou que cabe ao parlamento eleger o presidente.

A dança política sul-africana é complexa, mas agrava ainda mais, o facto do salão estar cheio de uma multidão de antigos combatentes do ANC que procuram espaços e oportunidades para aparecer.

Motlanthe disse com um sorriso rasgado que não é político, mas que tinha uma atitude política.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Levando a vida no cemitério: Reportagem sobre pobreza persistente em Moçambiquei
X
31.10.2014 18:08
Com as suas ricas reservas de gás natural por explorar, Moçambique poderá tornar-se num dos maiores abastecedores de energia – facto central nas recentes eleições nacionais. Mas nem todos usufruem das riquezas acumuladas. Há uma pobreza persistente, veja como alguns residentes de Maputo sobrevivem
Vídeo

Vídeo Levando a vida no cemitério: Reportagem sobre pobreza persistente em Moçambique

Com as suas ricas reservas de gás natural por explorar, Moçambique poderá tornar-se num dos maiores abastecedores de energia – facto central nas recentes eleições nacionais. Mas nem todos usufruem das riquezas acumuladas. Há uma pobreza persistente, veja como alguns residentes de Maputo sobrevivem
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 30 Outubro 2014

As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Mais Vídeos