sábado, 29 novembro, 2014. 06:05 UTC

Notícias / África

São Tomé: Arroz adulterado volta à ordem do dia

A oposição está indignada com uma carta endereçada às alfândegas dos Camarões por um aliado do governo facilitando a importação do produto.

Óscar Medeiros
Em São Tomé e Príncipe a questão do arroz impróprio para consumo voltou à ordem do dia. Desta feita a oposição está indignada com uma carta que foi endereçada às alfândegas dos Camarões por um aliado do governo facilitando a importação do produto.
Numa carta endereçada a Directora das alfândegas dos Camarões, o Deputado e Vice-presidente do PCD classificou o povo são-tomense de faminto com o objectivo de obter isenção fiscal no processo de importação do polémico arroz impróprio para o consumo humano. 

A atitude de Delfim Neves chocou a opinião pública são-tomense e esta manhã em conferência de imprensa o maior partido da oposição no país ADI, também manifestou-se profundamente chocado com a atitude do dirigente do PCD.

A ADI acusa Delfim Neves de ter usado desonesta e abusivamente o nome do povo são-tomense para obter para si e a sua firma comercial a isenção das taxas alfandegárias de exportação das suas 900 toneladas de arroz que deveria pagar as autoridades camaronesas.

A ADI critica também o envolvimento do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de São Tomé e Príncipe nesta diligência de Delfim Neves que para o efeito enviou a embaixada dos Camarões em Libreville uma nota verbal a dar cobertura a este acto de desonestidade.

Ainda na conferência de imprensa o maior partido da oposição são-tomense mostrou-se apreensivo com relação a demora do Governo na divulgação do resultado da nova análise ao arroz solicitada a um laboratório no estrangeiro.

Entretanto, esta terça-feira o governo de Gabriel Costa deu ordens às autoridades competentes para procederem à recolha imediata do arroz dos mercados e proibiu a sua comercialização em todo o território nacional.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: mina téla de: portugal
04.07.2013 20:52
desse jeito nos os são-tomenses vamos acabar por nos matar a nós próprios, a culpa é dos grandes e quem acaba por pagar? R: são os piquenos, o povo, aqueles que vos põem la em cima, ja está na altura de dizer basta, chega.
PF, UZEM A CONSCIÊNCIA, UZARAM O NOME DO POVO MAS AO MENOS MANDA VIR ARROZ DE QUALIDADE...

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Perseguição aos vendedores de ruai
X
28.11.2014 20:08
O Conselho municipal de Nairobi, no Quénia, foi acusado de brutalidade na forma como trata os vendedores de rua no distrito central de negócios – por forma a impedir que eles vendam ilegalmente a sua mercadoria nas ruas.
Vídeo

Vídeo Perseguição aos vendedores de rua

O Conselho municipal de Nairobi, no Quénia, foi acusado de brutalidade na forma como trata os vendedores de rua no distrito central de negócios – por forma a impedir que eles vendam ilegalmente a sua mercadoria nas ruas.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Novembro 2014

A actualidade africana em apenas 60 segundos
Vídeo

Vídeo Branca de Neve e os 7 Anões em Luanda

Estúdio de Actores de Mel Gamboa apresenta Branca de Neve e os 7 Anões em Luanda, no Elinga Teatro.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 27 Novembro 2014

A actualidade noticiosa do continente africano
Vídeo

Vídeo Bobby Smith o benfeitor

No dia de Acção de Graças nos Estados Unidos, agradece-se as bênçãos recebidas ao longo do ano. Bobby Smith, imigrante nos EUA, vindo da Serra Leoa, criou uma pequena organização de voluntários Hope for Lives in Sierra Leone, para ajudar os desfavorecidos na sua terra Natal
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 26 Novembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 25 Novembro 2014

A actualidade americana num minuto!
Vídeo

Vídeo A Voz da América nas manifestações em Ferguson

O polícia que matou Michael Brown não será acusado.
Vídeo

Vídeo Protestos violentos causam caos em Ferguson, Estados Unidos

Uma decisão de um Grande Júri no Misssouri de não indiciar o policia branco Darren Wilson pela morte a tiro do jovem africano-americano Michael Brown resultou em mais violência e destruição em Ferguson. Isto apesar dos apelos a manifestações pacíficas por parte dos lideres comunitário
Mais Vídeos