quinta-feira, 17 abril, 2014. 03:58 UTC

Notícias / África

São Tomé: Arroz adulterado volta à ordem do dia

A oposição está indignada com uma carta endereçada às alfândegas dos Camarões por um aliado do governo facilitando a importação do produto.

Tamanho das letras - +
Óscar Medeiros
Em São Tomé e Príncipe a questão do arroz impróprio para consumo voltou à ordem do dia. Desta feita a oposição está indignada com uma carta que foi endereçada às alfândegas dos Camarões por um aliado do governo facilitando a importação do produto.
Numa carta endereçada a Directora das alfândegas dos Camarões, o Deputado e Vice-presidente do PCD classificou o povo são-tomense de faminto com o objectivo de obter isenção fiscal no processo de importação do polémico arroz impróprio para o consumo humano. 

A atitude de Delfim Neves chocou a opinião pública são-tomense e esta manhã em conferência de imprensa o maior partido da oposição no país ADI, também manifestou-se profundamente chocado com a atitude do dirigente do PCD.

A ADI acusa Delfim Neves de ter usado desonesta e abusivamente o nome do povo são-tomense para obter para si e a sua firma comercial a isenção das taxas alfandegárias de exportação das suas 900 toneladas de arroz que deveria pagar as autoridades camaronesas.

A ADI critica também o envolvimento do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de São Tomé e Príncipe nesta diligência de Delfim Neves que para o efeito enviou a embaixada dos Camarões em Libreville uma nota verbal a dar cobertura a este acto de desonestidade.

Ainda na conferência de imprensa o maior partido da oposição são-tomense mostrou-se apreensivo com relação a demora do Governo na divulgação do resultado da nova análise ao arroz solicitada a um laboratório no estrangeiro.

Entretanto, esta terça-feira o governo de Gabriel Costa deu ordens às autoridades competentes para procederem à recolha imediata do arroz dos mercados e proibiu a sua comercialização em todo o território nacional.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: mina téla de: portugal
04.07.2013 20:52
desse jeito nos os são-tomenses vamos acabar por nos matar a nós próprios, a culpa é dos grandes e quem acaba por pagar? R: são os piquenos, o povo, aqueles que vos põem la em cima, ja está na altura de dizer basta, chega.
PF, UZEM A CONSCIÊNCIA, UZARAM O NOME DO POVO MAS AO MENOS MANDA VIR ARROZ DE QUALIDADE...

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 16 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
16.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Vídeo

Vídeo A luta dos medicamentos baratos

O Governo da África do Sul vai aprovar reformas sobre propriedade intelectual – incluindo patentes de medicamentos – que para activistas de saúde poderão permitir que mais sul-africanos possam ter acesso a medicamentos genéricos,
Mais Vídeos