segunda-feira, 03 agosto, 2015. 15:07 UTC

Notícias / Mundo

Sao Tomé tem que melhorar ambiente de negócios - Sociedade Financeira Internacional

Óscar Medeiros
O Banco Mundial pretende ajudar o governo São-Tomense a criar um guiché único para o comércio externo.




A informação foi avançada pelo representante da Sociedade Financeira Internacional, Boris Divjak que se encontra no país para uma série de contactos com instituições financeiras locais.

A Sociedade Financeira Internacional é um braço do Banco Mundial.

Boris Divjak reuniu-se com o Ministro das Finanças e cooperação internacional Américo Ramos com quem discutiu as reformas da economia são tomense que visam melhorar o ambiente de negócios no país.

As partes discutiram formas para melhorar o ambiente de negocio no país com a aceleração das reformas exigidas pelo Banco Mundial,  bem como os resultados de São Tomé e Príncipe no ranking “Doing Business 2012”, onde o país desceu três lugares em relação ao ano passado, ou seja saiu da posição 157 para a posição 160.

“O que é importante é criar um clima para os investimentos para aumentar os mesmos em áreas como o turismo e agricultura,” disse Divjak para quem São Tomé e Príncipe deve continuar reformas para melhorar o ambiente de negócios.

O ministro são tomense disse que a queda se deveu á entrada de outros países para os rankings e também à melhoria de outros.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Passadeira Vermelha #26: 50 Cent falido, ultimo adeus a Bobbi Kristinai
|| 0:00:00
...  
🔇
X
31.07.2015 20:30
Esta semana temos mais tribunais na via! O rapper 50 Cent vai a tribunal mas diz que está tão pobre que as jóias e carros que usa são emprestados e que tem que devolver às lojas depois de tirar a foto básica para postar no Instagram!
Mais Vídeos