quarta-feira, 16 abril, 2014. 10:19 UTC

Notícias / África

São Tomé: Presidente e ADI trocam acusações

Novo governo ainda por formar

Manuel Pinto da Costa, Presidente de São Tomé e Príncipe
Manuel Pinto da Costa, Presidente de São Tomé e Príncipe
Tamanho das letras - +
Óscar Medeiros
A Acção Democrática Independente de Patrice Trovoada acusou o presidente Pinto da Costa de continuar a agir “como se estive num regime de partido único”.




A ADI respondia a acusações do presidente segundo o qual Trovoada, enquanto primeiro ministro do governo que caiu recentemente no parlamento, tinha provocado “coluntáriamente e com premeditação” a crise que afecta o país.

O presidente, lê-se num comunicado da ADI, “revelou uma profunda ignorância da constituição da República”.

A ADI disse não ter havido evolução no modo de pensar e agir do presidente “como muitos acreditaram durante a campanha eleitoral”.

Para este patido São Tomé faz face a “uma profunda crise política institucional e de valores” que o presidente não quer vêr “porque não quer resolver”.

O chefe de estado são tomense nomeouou ontem Gabreil da Costa como primeiro-ministro  depois de ter rejeitado o nome de Patrice trovoada, presidente da ADI, demitido do cargo de primeiro-ministro por decreto presidencial depois da aprovação no parlamento de uma moção de censura ao seu governo.

Gabriel costa conta com apoio das três formações políticas da oposição nomeadamente o MLSTP/PSD, PCD e MDFM/PL.

A ADI disse que vai continuar a lutar pelo respeito da constituição.

Anteriormente o presidente Pinto da Costa tinha defendido  a sua decisão  afirmando ser “a única solução constitucionalmente possível parassem recurso a eleições resolver esta crise artificialmente criada”.

Pinto da Costa acusou Patrice Trovoada de ter provocado "voluntariamente, e com premeditação", a crise que afeta o país, "tendo em vista fins meramente políticos e interesses partidários".

O chefe de Estado explicou que, durante os encontros que teve com o ex primeiro-ministro e líder do partido Acção Democrática Independente (ADI), não encontrou "um comportamento baseado na responsabilidade e sentido de Estado que a situação do país exige".

"Apenas fui confrontado com atitudes de intransigência, arrogância e até falta de respeito para com um chefe de Estado eleito democraticamente por sufrágio directo e universal há pouco mais de um ano, atitude essas que inviabilizaram uma solução rápida para a crise, em estabilidade, continuidade e com um mínimo de custos para o país", sublinhou Pinto da Costa.

Referindo-se às exigências do ADI de convocação de eleições legislativas antecipadas, o Presidente são-tomense lembrou que a marcação de eleições é uma competência exclusiva do chefe de Estado, mediante procedimentos constitucionalmente previstos.

O chefe de Estado considerou ainda que, "qualquer cidadão responsável, com bom senso e preocupado com o futuro do país, sabe que mesmo realizando eleições não há garantia de que da vontade popular resulte uma composição parlamentar diferente à que existe atualmente, o que significaria que, passado alguns meses, o país estaria na mesma situação em que se encontra, com a agravante dos custos resultantes de uma consulta popular numa situação económica tão difícil".
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: MANDJUANDADI de: EUROPA
21.12.2012 14:59
...concluo dizendo o seguinte :
porque é que o ex.1° ministro, Patrice Trovoada, apresentou de novo o nome dele na lista dos candidatos para o pôsto pelo qual o presidente Pinto da Costa o fez demitir? Serà para provocar? Que esperava ele da decisao do P.da Costa, quanto a sua candidatura para substitui-lo?é muito ridculo da parte dele...hà uma muito mà fé.
Enfim!!!!

Mandjwa


por: Mandjuandadi de: LEuropa
21.12.2012 14:49
Diga-se de passagem, que o Pinto DA COSTA e os TROVOADAS (pai e filho), nunca poderao se entender...lembrar os anos 80, em que 2° constou o ambiçioso M.Trovoada, montou um golpe de Estado ( que falhou, certo...), contra o P. da COSTA, 2° se disse, no plano M.T. era de eliminar fisicamente o P.da Costa.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Afrcianas 15 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
15.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Vídeo

Vídeo A luta dos medicamentos baratos

O Governo da África do Sul vai aprovar reformas sobre propriedade intelectual – incluindo patentes de medicamentos – que para activistas de saúde poderão permitir que mais sul-africanos possam ter acesso a medicamentos genéricos,
Mais Vídeos