sábado, 25 outubro, 2014. 23:31 UTC

Moçambique

Renamo acusa policia de planear ataque contra a sua delegação em Nampula

Policia poderá intervir para repor a tranquilidade pública

Edifício da delegação da Renamo em Nampula
Edifício da delegação da Renamo em Nampula
Faizal Ibramugy
O Partido Renamo acusou esta manhã as forças policiais de estar a planejar ataques nos próximos dias a sua delegação política província e a residência de Afonso Dhlakama, alegadamente a mando do Partido Frelimo.

A acusação foi transmitida aos órgãos de comunicação social pelo Chefe de Mobilização da Renamo em Nampula, Luis Fernando Mussa.


Mussa disse que desde semana passada os dois locais alvos, encontram-se sob forte vigilância da polícia a paisana que alegadamente foi accionada para motorizar a situação.

A fonte disse que para além de ter o controlo da residência do líder da oposição e a delegação provincial da perdiz, a Força de Intervenção Rápida (FIR), encontra-se igualmente a vigiar as delegações distritais da Renamo.

“A Renamo repudia esta má intenção e atitude da Frelimo. É bom que desista deste plano, porque se não, terá uma resposta mais dura e picante, já mais vista” disse a fonte para depois advertir, “não vamos tolerar. Pensar que o Presidente está na Gorongosa e aproveitar Nampula é escrever na água”.

Para Fernando Mussa, “todas as forças vivas da Renamo”, encontram-se preparadas para dar resposta a qualquer eventualidade. “A resposta desta provocação virá de todo lado. Estamos a espera a qualquer segundo, a decisão de mais alto nível a partir da Gorongosa”, disse a fonte explicando que para o efeito, os membros da Renamo vão usar todo o tipo de forças e meios ao alcance do homem para salvaguardar a imagem da democracia.

Entretanto, a polícia não aceita e nem desmente que haja algum plano dentro da corporação visando atacar a delegação política da Renamo, incluindo a residência do seu  líder na rua das Flores.

“Estamos habituados a confrontação política. A polícia distancia-se de qualquer pronunciamento político, porque somos uma força apartidária. Qualquer pronunciamento político é melhor que seja feito no fórum político” disse o porta-voz da polícia em Nampula, Inácio João Dina.

Aquele porta-voz referiu porém que “ em relação a possível alteração da ordem pública que por excelência é alçada da polícia, naturalmente que a polícia ”.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Galeria de fotos Em Moçambique ganha a abstenção - Veja os resultados por província

Os dados fornecidos pelo CIP revelam que dos perto de 11 mil eleitores, apenas quatro mil votaram em Moçambique


Galeria de fotos Moçambique – Eleições 2014 Dhlakama, Nyusi e Simango

Resultados provisórios Dhlakama e Nyusi votaram em Maputo. Daviz Simango votou na Beira


Galeria de fotos Galeria de fotos do ouvinte Eleições Moçambique

Fotos enviadas pelos ouvintes da VOA que nos acompanham pelo WhatsApp +1 908 652 4584



Manifesto Eleitoral do MDM

Manifesto Eleitoral da RENAMO

Manifesto Eleitoral da FRELIMO