sexta-feira, 31 outubro, 2014. 08:21 UTC

Notícias / Estados Unidos

Obama e republicanos preparam negociações sobre défice do orçamento federal

Os compromissos em Washington são difíceis, e o tempo escasseia para evitar o “precipício fiscal”

Presidente Barack Obama
Presidente Barack Obama
Redacção VOA
O presidente dos Estados Unidos regressou a Washington após a vitória eleitoral contra o Republicano Mitt Romney.

Entre os assuntos mais prementes para o presidente e o Congresso é evitar o denominado “precipício fiscal” a entrar em vigor no inicio do próximo ano.

O presidente Obama já deu início ao que afirmou no discurso de Chicago, após a reeleição para o segundo mandato.


“Nas próximas semanas e meses, irei dialogar com os dirigentes dos dois partidos para enfrentarmos os desafios que só podem ser resolvidos em conjunto: a redução do défice, a reforma do código de impostos, o sistema de imigração, e libertarmos a nação do petróleo estrangeiro. Temos muito que trabalhar”.

O presidente telefonou aos dirigentes Republicanos e Democratas na Câmara dos Representantes e no Senado, bem como o speaker John Boehner.

Uma declaração da Casa Branca indicou que Obama reiterou o compromisso de “encontrar soluções bipartidárias para reduzir o defice de uma forma equilibrada, reduzir os impostos para famílias da classe media e as pequenas empresas, e criar postos de trabalho”.

Os compromissos em Washington são difíceis, e o tempo escasseia para evitar o “precipício fiscal” para evitar as reduções de impostos da era Bush, e a aplicação de reduções de despesas.

Na quarta-feira, Boehner manifestou a vontade de compromisso sobre a controvérsia das novas receitas, indicando que isso pode ser alcançado através da reforma fiscal. 

Boehner acentuou estar aberto a novas negociações para um acordo alargado para solucionar o défice e as despesas orçamentais.

“O que pudermos fazer para evitar o “precipício fiscal” servirá de pagamento para soluções maiores a introduzir em 2013 para iniciar a solução do problema”.

Como Obama e a Casa Branca responderem à abertura de Boehner,
terá influência nos próximos dias nas negociações para evitar o “precipício fiscal”.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Americanas 30 Outubro 2014i
X
30.10.2014 21:02
As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 30 Outubro 2014

As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Mais Vídeos