quinta-feira, 31 julho, 2014. 19:36 UTC

Notícias / África

Nigéria: Nova nota suscita alegações de corrupção

Quanto foi anunciado que uma nova nota de 5 mil Nairas iria entrar em circulação a primeira reacção dos economistas foi positiva.

Redacção VOA
No Verão passado o banco central nigeriano anunciou que estava a pensar introduzir uma nova nota com um valor cinco vezes superior à actual nota mais valiosa.

Tal suscitou no entanto controvérsia com os críticos dizendo que a mesma motivaria corrupção. Agora a ideia foi posta na prateleira e os legisladores nigerianos estão a rever os poderes do banco central.


Quanto foi anunciado que uma nova nota de 5 mil Nairas , cerca de 30 dólares , iria entrar em circulação, a primeira reacção dos economistas foi positiva. A medida pouparia dinheiro na impressão de notas e promoveria uma economia mais moderna.

Depois do anúncio, Ugo Okoroafor, porta-voz do banco, promover diversas conferências de imprensa para apresentar entusiasticamente a nova nota:
“Olhem para a Nigéria actual. Estamos a deslocarmo-nos para uma sociedade com máquinas de venda automáticas, com parquímetros. Devemos modernizarmo-nos.”

Contudo uma ideia que à partida apenas provocou uma ligeira reacção, rapidamente gerou grande descontentamento. Legisladores e analistas políticos afirmaram que se as notas passassem a valer mais, então entidade oficiais corruptas poderiam roubar mais visto que ocupariam menos espaço.

Wole Olaoye é um destacado jornalista queniano com 40 anos de experiência. Ele foi e continua a ser um dos grandes opositores a essa medida:“ Se houver uma nota de 5 mil Nairas os políticos vão ficar felizes. Vai facilitar-lhe a vida tanto para subornar como para ser subornado.”

Segundo Olaoye a corrupção é um modo de vida na Nigéria e existe tanto entre os polícias de rua como entre as altas entidades oficiais.

No início deste ano, legisladores publicaram um relatório demonstrando que 6 mil e 800 milhões de dólares em dinheiros públicos nigerianos foram roubados por entidades oficiais entre 2009 e 2011.

Como resultante desta controvérsia, a Assembleia Nacional nigeriana declarou que iria investigar o assunto apesar de, por lei, o Banco nacional ser a única entidade com autoridade para imprimir dinheiro.

No final de Setembro o presidente Goodluck  Jonathan  deu ordens ao banco central para por termo ao plano e os legisladores nigerianos estão agora a estudar modos de reduzir  os poderes do banco central.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Americanas 31 Julho 2014i
X
31.07.2014 19:23
Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Vídeo

Vídeo Mamografias 3D revolucionam detecção do cancro da mama

Durante anos as mamografias desempenharam um papel vital na detecção do cancro da mama. Mas nem sempre conseguem identificar tumores perigosos. A tecnologia a três dimensões pode revolucionar a triagem e salvar vidas
Mais Vídeos