quarta-feira, 05 agosto, 2015. 10:25 UTC

Notícias / Angola

Namibe: Chuva demonstra que construção civil deixa muito a desejar

Chuvas derrubam casas e prédios construídos pela administração da província.

Governador do Namibe, Isaac dos Anjos
Governador do Namibe, Isaac dos Anjos
Armando Chicoca
As chuvas que se têm feito sentir na província angolana do Namibe estão a por em causa a qualidade das casas construídas pelo governo local.

As comunas do Caitou, Lola , localidade de Kapangombe, comuna do Munhino, todas do Município da Bibala, são as que mais sofreram, casas sociais dos quadros, escolas e postos de saúde ficaram  com o tecto destruído.


Alguns citadinos explicaram  o que se passou à VOA: “Vimos árvores a cair, postos de iluminação também, e o nosso tecto nesta altura na estava no ar, tentei correr para a casa da vizinha, mas em vão, porque a casa dela também ficou sem o tecto, uma chapa caiu-me no braço, causando-me ferimentos e fui ao hospital, graças a deus estou bem”, esclareceu uma das sinistradas.

A vice-governadora do Namibe, Maria dos Anjos Mahove, no contacto com a população sinistrada nestas áreas, reconheceu a existência de falta de qualidade nas obras construídas sugerindo que a fiscalização deve ser mais.

Ainda, na Comuna do Munhino, as infra-estruturas da fazenda agrícola dos serviços prisionais, incluindo casernas dos reclusos e de agentes, ficaram sem tecto, 14 toneladas de milho produzido naquela unidade prisional ficaram submersas.

O mais grave, aconteceu na localidade do Mambandy, onde uma família depois de ter sofrido descarga eléctrica, foram ao posto médico do Munhino onde lhes foi negada a assistência.

O caso está a gerar protestos dos habitantes que dizem que há muito vêem reclamando pela má prestação dos serviços de saúde na sede da comuna do Munhino sob o olhar silencioso de quem de direito.

Muitos referem também que as residências, construídas no tempo colonial, há mais de cem anos, ainda mantêm-se intactas contra os mesmos ventos e chuvas.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Pantera-Negra de: Luanda-Angola
29.11.2012 11:12
Isso está demais... há que se pôr cobro urgentemente dessa arbitrariedade governativa, um bando de governantes meliantes.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Graça Sanches gostava de ver uma África menos corruptai
X
05.08.2015 10:18
Graça é participante YALI 2015, veio de Cabo Verde e advoga pela igualdade e equidade de género na esfera política do seu país
Vídeo

Vídeo Graça Sanches gostava de ver uma África menos corrupta

Graça é participante YALI 2015, veio de Cabo Verde e advoga pela igualdade e equidade de género na esfera política do seu país
Vídeo

Vídeo Manuel Jeque Francisco sonha com um Moçambique onde toda a criança tem educação

Manuel Francisco é professor na Beira, em Moçambique. O seu maior sonho é que a educação e a saúde cheguem a todas as crianças moçambicanas. É um dos 500 participantes YALI 2015
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #26: 50 Cent falido, ultimo adeus a Bobbi Kristina

Esta semana temos mais tribunais na via! O rapper 50 Cent vai a tribunal mas diz que está tão pobre que as jóias e carros que usa são emprestados e que tem que devolver às lojas depois de tirar a foto básica para postar no Instagram!
Mais Vídeos