domingo, 25 janeiro, 2015. 12:15 UTC

Moçambique

Moçambique com grandes desafios pela frente, diz Banco Mundial

A conclusão foi revelada no final da visita de uma equipa de nove directores executivos do Banco Mundial.

Sede do Banco Mundial em Washington
Sede do Banco Mundial em Washington
Simião Pongoane
O Banco Mundial considera que Moçambique tem ainda grandes desafios para transformar o crescimento económico robusto num combate eficaz à pobreza.


A conclusão foi revelada no final da visita de uma equipa de nove directores executivos do Banco Mundial. 

Durante quatro dias, os nove directores executivos do Banco Mundial dialogaram com representantes da juventude, sociedade civil e com o governo moçambicano para se inteirarem do desenvolvimento do País.

A equipa visitou projectos de abastecimento de água às populações desfavorecidas e no final disse que este tipo de iniciativas foi concebido para responder às preocupações da sociedade de que o financiamento do Banco Mundial beneficia um punhado de dirigentes.

O chefe da equipa, John Whitehead, disse que o Banco Mundial mudou de visão e de política de financiamento de projectos de desenvolvimento depois da sociedade civil ter-se queixado de que o dinheiro era usado para beneficiar a elite política.

Para John Whitehead, Moçambique está no bom caminho, mas ainda tem grandes desafios para reduzir a pobreza nas comunidades e criar postos de emprego para jovens.

A equipa dos directores executivos do Banco Mundial acredita que o processo da exploração dos recursos minerais pode ajudar o país a dar passo importante, mas chama atenção para que Moçambique dê maior espaço à agricultura.

O Banco Mundial tem sido criticado por não financiar projectos agrícolas, mas os seus directores executivos dizem que a instituição está a mudar de política.
Moçambique, considerado o quarto país mais pobre do Mundo pelas Nações Unidas, deve quatro mil milhões de dólares americanos ao Banco Mundial.

O dinheiro foi concedido para projectos de desenvolvimento, com destaque para infra-estruturas económicas.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Prisioneiros do Quenia Batalha pela reintegraçãoi
|| 0:00:00
...  
🔇
X
23.01.2015 20:54
Depois de ter estado na prisao é difícil encontrar trabalho e ser aceite na cidade. Um grupo de ex-presos em Nairobi querem provar que ha vida depois do crime. (Janeiro 2015)
Vídeo

Vídeo Prisioneiros do Quenia Batalha pela reintegração

Depois de ter estado na prisao é difícil encontrar trabalho e ser aceite na cidade. Um grupo de ex-presos em Nairobi querem provar que ha vida depois do crime. (Janeiro 2015)
Vídeo

Vídeo Vacinas para o Ebola

A pior crise do Ebola na historia do mundo entrou no segundo ano. Os cientistas estao a desenvolver uma vacina contra este virus mortal. (Janeiro 2015)
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Janeiro 2015

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Janeiro 2015

As imagens das noticias africanas
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Janeiro 2015

Imagens noticiosas afrcianas
Vídeo

Vídeo American Sniper: A história de um atirador americano que matou mais de 160 pessoas

Nomeado para o Oscar de Melhor Drama, o filme de Clint Eastwood baseia-se na história real de Chris Kyle, um oficial da Marinha americana que serviu no Iraque por quatro vezes como atirador profissional. O filme explora o efeito da guerra na psique humana
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 20 Janeiro 2015

As imagens noticiosas de Africa
Mais Vídeos