sexta-feira, 31 outubro, 2014. 06:12 UTC

Notícias / Estados Unidos

África não espera muito do próximo presidente dos Estados Unidos - analista moçambicano

Expectativas africanas sobre presidência de Barack Obama não corresponderam á realidade

Calton CadeadoCalton Cadeado
x
Calton Cadeado
Calton Cadeado
João Santa Rita
África não tem grandes expectativas de que algo poderá mudar na política externa americana qualquer que seja o resultado das eleições, disse Calton Cadeado do Instituto Superior de Relações Internacionais de Moçambique.




Numa entrevista á Voz da América Cadeado disse que aquando da eleição de Barack Obama há quatro anos atrás “todos” tinha criado a expectativa que “a América seria mais atenta aos assuntos africanos e que África iria ter um certo protagonismo na agenda política internacional”.

“Muito cedo África percebeu-se que isso não era verdade,” disse o analista moçambicano para quem os africanos “esperam a continuação da política externa americana longe de África”.

A política externa americana “não toca África neste momento” disse cadeado fazendo notar outras prioridades externas como o Médio oriente.

Mas mais do que isso, disse el, há a questão da política interna.

“Quem quer que seja o presidente eleito ele vai ser escolhido pelo eleitorado doméstico e não pelo estrangeiros e África não pesa muito na agenda política americana,” acrescentou.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Pedro Pereira Lopes de: China, Pequim
07.11.2012 07:52
De facto o analista CC tem razão ao apontar a "marginalização" da África dos objectivos dos EUA. Durante a campanha, nem Obama nem Romney "tocaram" a África nas suas agendas ou debates, na verdade, nem para a Europa o novo presidente terá um papel "revelador". De outro lado, a China tornou-se a política económica doméstica dos EUA, e curiosamente, durante a campanha, a China foi apenas tratada como "fonte de negócio", emprego e outsourcing, não se falando entretanto de questões como direitos humanos ou autoritarismo. A Rússia será excepcionalmente o único país da Europa com o qual a nova administração "dialogará"... Enfim, a África nada ganhará com mais um mandato de Obama, mesmo que actualmente o continente negro seja parte da "política económica doméstica" da China, com a qual os EUA tem relações...

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Americanas 30 Outubro 2014i
X
30.10.2014 21:02
As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 30 Outubro 2014

As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Mais Vídeos