segunda-feira, 06 julho, 2015. 15:39 UTC

Moçambique

Moçambique: Governo agenda nova reunião com a Renamo

O Governo moçambicano diz que a porta para o diálogo com a Renamo sobre a consolidação da paz e da democracia mantém-se aberta, apesar do impasse registado no início desta semana.

Moçambique – Poster do documentário “Caminhos da Paz” de Sol de Carvalho
Moçambique – Poster do documentário “Caminhos da Paz” de Sol de Carvalho
Simião Pongoane
O Governo moçambicano diz que a porta para o diálogo com a Renamo sobre a consolidação da paz e da democracia mantém-se aberta, apesar do impasse registado no início desta semana.

O ministro da Agricultura, José Pacheco, chefe da delegação do Governo nas conversações com a Renamo, disse à televisão privada STV que o governo agendou o encontro com a Renamo para próxima segunda-feira em Maputo, mas que ainda faltava a resposta da delegação da Renamo.

O presidente Armando Guebuza disse igualmente ao
Parlamento, durante a apresentação do Estado da Nação, que o Governo espera que no espírito de boa-fé, a
Renamo apresente preocupações que sejam de interesse nacional e concorram para a manutenção da paz e da reconciliação nacional.

“O Governo vai continuar a assegurar que o diálogo, alicerçado nos mais altos valores prescritos na Constituição da
República de Moçambique, traduza os anseios mais profundos de todos os moçambicanos." – Palavras do presidente
Armando Guebuza no Parlamento. Mas a bancada parlamentar da Renamo não acompanhou o discurso, porque tinha abandonado a sala alegando que Armando Guebuza não iria dizer nada importante para o país.

A delegação da Renamo, liderada pelo seu secretário-
geral, Manuel Bissopo, dissera no final da terceira ronda negocial com o Governo que estava desapontada com a atitude do executivo que decidiu remeter os assuntos apresentados a outras instituições de soberania.

A Resistência Nacional Moçambicana não se mostrou interessada em voltar ao diálogo com o Governo por alegada falta de resultados.

Segundo o secretário-geral da Renamo, cerca de uma
centena de membros da organização vai à serra da Gorongosa próxima semana para falarem com o seu líder Afonso Dhlakama, que desde Outubro último vive
na antiga base da Renamo para pressionar o governo da Frelimo a ceder.

Mas Afonso Dhlakama reitera que jamais voltará a fazerguerra em Moçambique.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
"Crise [económica] que se vive em Angola é artificial", Alcides Sakalai
X
06.07.2015 13:08
Na segunda parte da entrevista à Voz da América, Alcides Sakala acusa o MPLA de ganhar sempre através de fraude. Este dirigente da UNITA afirma também que o dinheiro do Fundo Soberano foi roubado.
Vídeo

Vídeo "Crise [económica] que se vive em Angola é artificial", Alcides Sakala

Na segunda parte da entrevista à Voz da América, Alcides Sakala acusa o MPLA de ganhar sempre através de fraude. Este dirigente da UNITA afirma também que o dinheiro do Fundo Soberano foi roubado.
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #22: "Bifes" entre duas cantoras talentosas, Iggy Azalea e Britney Spears!

E para quem não sabe, P Diddy foi aos BET Awards, mas antes tinha sido preso por "andar à porrada" na universidade do filho! 160 mil dólares foi a fiança
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 3 de Julho 2015

AS imagens do mundo em noticia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 3 Julho 2015

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 1 de Julho 2015

As imagens noticiosa do mundo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 de Julho 2015

ASimagens noticiosas de Africa
Mais Vídeos