sábado, 02 agosto, 2014. 00:23 UTC

Notícias / Moçambique

Maputo: Doze anos depois, Vicente Norotan Ramaya, foi hoje restituído a liberdade

Vicente Ramaya, um dos seis elementos condenados pela morte do jornalista Carlos Cardoso, saíu em liberdade

Ramaya (centro) advogado Abdul Gani (direita)
Foto de Urgel Matula
Ramaya (centro) advogado Abdul Gani (direita) Foto de Urgel Matula
William Mapote
— Doze anos depois, Vicente Norotan Ramaya, um dos presos mais famosos do país, foi hoje restituído a liberdade condicional, por bom comportamento, após cumprir a pena a que está condenado.

Passava pouco depois das 17 horas em Maputo, quando os oficiais de justiça saíam do edifício do Comando Geral da Polícia, onde Ramaya estava encarcerrado, alegadamente por motivos de maior segurança.


Num ambiente bastante discreto, presenciado por um grupo de jornalistas nacionais, pelo advogado de defesa, advogado de defesa e acompanhado por um grupo de cerca de dez elementos da polícia, Vicente Ramaya, um dos seis elementos condenados pela morte do jornalista Carlos Cardoso, saía em liberdade.

Sem prestar declarações Ramaya, que cumpriu metade dos pouco mais de 23 anos a que fora condenado, foi conduzido a sua luxuosa residência, localizado no bairro central, um dos mais nobres da capital moçambicana.

Para além de envolvimento como mandante da morte de Cardoso, Ramaya foi também condenado pelo desfalque do extinto Banco Comercial de Moçambique, onde era um dos gestores, no valor de 144 biliões de Meticais.

A saída em liberdade de Ramaya está em volto de alguns questionamentos por parte da opinião pública e do meio forense.

Para além da advogada da família Cardoso, Lucinda Cruz, que em entrevista a agência Lusa questionou a libertação antes do pagamento da indemnização fixada poelo tribunal, informações ainda por confirmar indicam que o Ministério Público apresentou um recurso da decisão.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 1 Agosto 2014i
X
01.08.2014 20:33
Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Agosto 2014

Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos