quarta-feira, 17 setembro, 2014. 17:34 UTC

Moçambique

Moçambique: Falta de gasolina paralisa Nampula

A situação está a ser provocada pela demora na chegada de um petroleiro ao porto de Nacala.

 Rua de Nampula, Moçambique
Rua de Nampula, Moçambique
Faizal Ibramugy
A província moçambicana de Nampula está a ser afectada pela escassez no fornecimento de combustíveis principalmente da gasolina.

Em todas as bombas de venda a retalho daquele produto petrolífero, podem ler-se cartazes, com letras bem visíveis:  “ Gasolina Esgotada”.


Segundo soube a VOA, o facto tem a ver com a escassez daquele produto ao nível das bombas centrais das duas empresas fornecedoras de combustíveis na região, nomeadamente a BP e a Petromoc em Nacala-Porto.

O porta-voz da direcção provincial dos recursos minerais e energia de Nampula, Fila Lázaro, falando em exclusivo à VOA, disse que esta situação está a ser provocada pela demora da chegada do petroleiro ao porto de Nacala, o que obriga a que o fornecimento do produto seja feito pura e exclusivamente pela Petromoc através do porto da Beira.

Contudo, a fonte garantiu-nos que a embarcação só deverá chegar a Nacala neste final de semana.

Porém a fonte diz que o que se vive em Nampula “não é necessariamente escassez” justificando que “a falta daquele produto petrolífero nas gasolineiras deve-se à maior procura”, isto devido às festividades do fim-de-ano.

Enquanto o problema continuar, na província Nampula a aquisição da gasolina só é possível no mercado paralelo, a preços que variam entre 100 a 150 meticais o litro, contra os 46 meticais das gasolineiras.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Galeria de fotos Dos cartazes aos comícios, a campanha de norte a sul

Moçambique vai a votos dia 15 de Outubro


Galeria de fotos Campanha Eleitoral Moçambique - Partidos percorrem país

MDM, FRELIMO e RENAMO na corrida aos votos


Galeria de fotos Campanha eleitoral em Moçambique

Veja as imagens da campanha eleitoral da RENAMO, FRELIMO e MDM . Os moçambicanos vão votar no dia 15 de Outubro para escolher o presidente e membros do parlamento.

Manifesto Eleitoral do MDM

Manifesto Eleitoral da RENAMO

Manifesto Eleitoral da FRELIMO