sexta-feira, 28 novembro, 2014. 21:33 UTC

Moçambique

Renamo continua a exigir a criação de um governo de transição em Moçambique

Novo encontro pgrogramado para o proximo dia 17.

Gorongosa Moçambique
Gorongosa Moçambique
William Mapote
Mais um encontro, as mesmas divergências. Foi assim o segundo encontro entre o governo e a Renamo, o maior partido da oposição nacional, que reclama uma nova ordem política nacional, através da revisão dos Acordos de Roma, que há 20 anos puseram fim a guerra civil no país.


Depois do impasse registado há uma semana, as duas partes voltaram a encontrar-se no final da tarde desta segunda-feira a Renamo deixou o encontro, com exigências da criação de um governo de transição no país.

"A segunda ronda negocial não teve nenhum avanço palpável. A Renamo vai voltar ao seu quartel-general para reformular as regras democráticas, com vista a impor um Governo de transição", disse Manuel Bissopo, chefe da delegação da Renamo, no final do encontro.

Segundo Manuel Bissopo, chefe da delegação da Renamo nas negociações em curso, o governo um governo de transição, até que sejam criadas condições para a realização de eleições que considera justas e transparentes, a serem dirigidas por uma comissão eleitoral representada por igual número de membros dos partidos da oposição parlamentar.

Para Bissopo só assim o seu partido vai participar nas eleições autárquicas marcadas para o próximo ano e as gerais de 2013 que de outro modo, terão o boicote da Renamo.

O governo rejeita as exigências da Renamo e entende que, no caso do processo eleitoral, a composição da Comissão Eleitoral é parte do pacote eleitoral cuja aprovação já está agendada pela Assembleia da República.

"O Governo vai cumprir a decisão que for tomada pela Assembleia da República relativamente ao processo em curso de revisão eleitoral", disse o chefe da delegação do Governo, José Pacheco, à imprensa, à saída do encontro.

As duas partes voltam a encontrar-se no dia 17 para a terceira ronda negocial que terá como ponto de agenda será a questão da despartidarização do Estado, tema que faz parte do rol das exigências da Renamo.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Perseguição aos vendedores de ruai
X
28.11.2014 20:08
O Conselho municipal de Nairobi, no Quénia, foi acusado de brutalidade na forma como trata os vendedores de rua no distrito central de negócios – por forma a impedir que eles vendam ilegalmente a sua mercadoria nas ruas.
Vídeo

Vídeo Perseguição aos vendedores de rua

O Conselho municipal de Nairobi, no Quénia, foi acusado de brutalidade na forma como trata os vendedores de rua no distrito central de negócios – por forma a impedir que eles vendam ilegalmente a sua mercadoria nas ruas.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Novembro 2014

A actualidade africana em apenas 60 segundos
Vídeo

Vídeo Branca de Neve e os 7 Anões em Luanda

Estúdio de Actores de Mel Gamboa apresenta Branca de Neve e os 7 Anões em Luanda, no Elinga Teatro.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 27 Novembro 2014

A actualidade noticiosa do continente africano
Vídeo

Vídeo Bobby Smith o benfeitor

No dia de Acção de Graças nos Estados Unidos, agradece-se as bênçãos recebidas ao longo do ano. Bobby Smith, imigrante nos EUA, vindo da Serra Leoa, criou uma pequena organização de voluntários Hope for Lives in Sierra Leone, para ajudar os desfavorecidos na sua terra Natal
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 26 Novembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 25 Novembro 2014

A actualidade americana num minuto!
Vídeo

Vídeo A Voz da América nas manifestações em Ferguson

O polícia que matou Michael Brown não será acusado.
Vídeo

Vídeo Protestos violentos causam caos em Ferguson, Estados Unidos

Uma decisão de um Grande Júri no Misssouri de não indiciar o policia branco Darren Wilson pela morte a tiro do jovem africano-americano Michael Brown resultou em mais violência e destruição em Ferguson. Isto apesar dos apelos a manifestações pacíficas por parte dos lideres comunitário
Mais Vídeos