quarta-feira, 23 julho, 2014. 11:55 UTC

Notícias / Moçambique

Moçambique: Veteranos prometem mais manifestações

O Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique promete voltar novamente à rua na próxima terça-feira para mais uma manifestação.

Maputo - Mocambique
Maputo - Mocambique
William Mapote
O vice-ministro moçambicano do Interior, José Mandra, justificou a acção policial contra um grupo de veteranos que se manifestavam em Maputo dizendo que as suas reivindicações “não são legítimas”.


Mandra considerou que as reivindicações dos ex-combatentes não são legítimas e sempre que for necessário, a polícia poderá mesmo recorrer a outras medidas mais contundentes para reprimir as manifestações.

"A polícia teve sim de actuar da maneira como actuou e outras medidas drásticas podem ser tomadas. Não se pode banalizar um estado, um governo", disse o vice-ministro instado a comentar sobre a carga policial, que recorreu a gáz lacrimogénio, jactos de água e balas de borracha para reprimir a manifestação dos ex-combatentes. 

Enquanto isso, o Fórum dos Desmobilizados de Guerra de Moçambique promete voltar novamente à rua, na próxima terça-feira para mais uma manifestação de exigência do aumento do valor de pensões disse o porta-voz do grupo, Constantino Wiliamo.

Segundo disse, numa conferência de imprensa em Maputo, os desmobilizados vão recorrer a todos os meios ao seu alcance até atingirem os seus objectivos.

Apesar da quase certa nova repressão policial o grupo diz que não vai recuar e promete ir até as últimas consequências.

“Nós havemos de ir assim mesmo, indefesos, sem pedras, sem paus e do mesmo jeito que fui treinado e jurei morrer pelo cano do inimigo, agora posso jurar morrer pelo cano da polícia da Frelimo” disse Wiliamo.

A fonte justificou a escolha de terça-feira para mais uma manifestação pelo facto de ser o dia das sessões das reuniões do Conselho de Ministros e ser, por isso, uma data propícia para “o governo ouvir o nosso grito”.

Os ex-combatentes repudiaram a resposta policial a sua manifestação e também as declarações do vice-ministro da defesa, José Mandra, que justificou a acção policial como tendo sido necessária.

O porta-voz dos desmobilizados confirmou também que esteve detido durante cerca de 24 horas, tendo sido solto a meio da manhã de ontem.

Disse desconhecer as razões da sua detenção e que, na hora da soltura ,apenas lhe abriram as portas e lhe foi dito para se ir embora.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 22 Julho 2014i
X
22.07.2014 17:40
Os principais acontecimentos de 22 de Julho no continente africano
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Julho 2014

Os principais acontecimentos de 22 de Julho no continente africano
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Julho 2014

Os principais acontecimentos que marcaram a actualidade desta Quinta-feira
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 16 Julho 2014

Os principais acontecimentos que marcaram esta Quarta-feira, no continente africano
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 15 Julho 2015

Os acontecimentos que fizeram a actualidade desta Terça-feira, no continente africano
Vídeo

Vídeo Brasileiros felizes com vitória alemã

A Alemanha ganhou o Mundial de Futebol derrotando a Argentina no Domingo por uma bola a zero no prolongamento. A VOA no Rio de Janeiro
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 14 Julho 2014

Os acontecimentos que marcaram esta Segunda-feira, 14 de Julho
Mais Vídeos