sábado, 25 outubro, 2014. 06:14 UTC

Moçambique

RENAMO não confirma nem desmente detenção de agentes da "secreta"

Jornal "O País" cita fontes do maior partido político da oposição para noticiar que detidos foram implicados em "tentativa de assassinato" de Afonso Dhlakama

William Mapote
Guerrilheiros das forças do líder da Renamo, detiveram nos últimos dias na Serra de Gorongosa, dois supostos elementos dos Serviços de Investigação e Segurança do Estado (SISE), enviados para aquela região, alegadamente para assassinar Afonso Dhlakama.

Esta informaçao é avançada pelo diário privado O País que cita fontes do maior partido político de oposição, no entanto, não reveladas.

Segundo o matutino O País, os dois detidos são Jonas Gerente e Eduardo Caetano, que teria supostamente sidos enviados pela PRM, a polícia nacional, para espionar Dhlakama, actualmente a residir na sua antiga base central, para posteriormente assassiná-lo.


De acordo com a fonte, um dos detidos teria confessado o envenenamento da principal fonte de água consumida pelos guerrilheiros e a população de Gorongosa, com recurso a um tipo de pesticidas usados para eliminar parasitas nas plantaçoes de algodao.

Em contacto telefónico com a Reportagem da Voz da América em Maputo, Fernando Mazanga, porta-voz nacional do partido de Afonso Dhlakama, não confirmou, nem desmentiu as alegadas detenções.

Mazanga confirmou apenas o envenamento da principal fonte de água da região onde se localiza a base de Gorongosa, facto que segundo disse, foi descoberto no dia 18 de Dezembro passado, tendo vitimado um mulher, que teria usado daquela água para lavar uma manga que viria a consumir a seguir.

Na sequencia, a mulher viria a cair inerte, apresentando todos os sinais de consumo de água envenenada.

Verdade ou não facto é que desde que o líder da Renamo se refugiou em Gorongosa, várias são informações postas a circular dando conta de movimentações secretas para controlar e, eventualmente, neutralizar as manifestações ou insubordinação há muito anunciadas.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Galeria de fotos Em Moçambique ganha a abstenção - Veja os resultados por província

Os dados fornecidos pelo CIP revelam que dos perto de 11 mil eleitores, apenas quatro mil votaram em Moçambique


Galeria de fotos Moçambique – Eleições 2014 Dhlakama, Nyusi e Simango

Resultados provisórios Dhlakama e Nyusi votaram em Maputo. Daviz Simango votou na Beira


Galeria de fotos Galeria de fotos do ouvinte Eleições Moçambique

Fotos enviadas pelos ouvintes da VOA que nos acompanham pelo WhatsApp +1 908 652 4584



Manifesto Eleitoral do MDM

Manifesto Eleitoral da RENAMO

Manifesto Eleitoral da FRELIMO