sexta-feira, 18 abril, 2014. 03:09 UTC

Notícias / Angola

Dez mil pessoas no sector da agricultura familiar em Malanje

Novo projecto agrícola vai beneficiar 600 famílias e garantir melhoria das condições básicas com novas infra-estruturas

Plantação Pedras Negras em Malanje - Angola
Plantação Pedras Negras em Malanje - Angola

Multimédia

Áudio
Tamanho das letras - +
Isaías Soares
O Programa de Agricultura Familiar do Pólo Agroindustrial de Capanda aberto recentemente no município de Cacuso, 72 quilômetros a oeste de Malanje, vai beneficiar 600 famílias camponesas de 20 bairros rurais, do perímetro a comuna do Pungo Andongo e a sede municipal de Cacuso.

Com o objectivo de melhorar a qualidade de vida das comunidades local, três eixos foram concebidos para a sua execução, nomeadamente a geração de renda, saúde e condições de vida e o capital humano.

O presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agroindustrial de Capanda (Sodepac), Carlos Fernandes está optimista com o projecto.

A ODEBRECHT, MAERSK, SONANGOL, MOSAP (Projecto de Culturas Alimentar Orientado para o Mercado) e a GESTERRA são os potenciais parceiros investidores, enquanto conformam os parceiros institucionais o Governo Provincial de Malanje, Administração Municipal de Cacuso e suas respectivas direções e departamentos.

O governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos “Kwata Kanawa” testemunhou o lançamento do projecto, onde a companhia MAERSK vai garantir o programa de água e de saúde para as aldeias selecionadas, de acordo com a directora de Reinserção Social, Victoria Guagua.

“Na área de água potável, saneamento e malaria, vamos procurar novos poços de água e, vamos fazer reparação das bombas existentes que necessitam de manutenção”, precisou, acrescentando que “ao longo de todo o projecto iremos trabalhar muito de perto com as comunidades, dando formação aos jovens e apoiando  a formação das associações rurais”.

O programa de agricultura Familiar do Polo Agroindústria de Capanda vai prestar ajuda técnica, formação e de fortalecimento das associações para garantir a sustentabilidade do mesmo no futuro, disse o economista da Odebretch, João Cavalcanti.

João Cavalcanti precisou que as primeiras colheitas começam nos próximos tempos.

“O alface já podemos conhecer aqui em Maio”, e ao final de um as famílias poderão aumentar até 50 por cento, “uma família que ganha quatro mil kwanzas passará a ganhar seis mil”.

Quatrocentas toneladas  por mês de hortaliça é a previsão para as dez mil pessoas estarão envolvidas no programa de agricultura familiar nos municípios de Cacuso, Cangandala e Malanje.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 17 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
17.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Vídeo

Vídeo A luta dos medicamentos baratos

O Governo da África do Sul vai aprovar reformas sobre propriedade intelectual – incluindo patentes de medicamentos – que para activistas de saúde poderão permitir que mais sul-africanos possam ter acesso a medicamentos genéricos,
Mais Vídeos