quinta-feira, 23 outubro, 2014. 03:48 UTC

Notícias / Angola

Cerca de 3 mil famílias recebem ajuda alimentar no Kwanza-Sul

Governo apontou os municípios do Sumbe e Porto-Amboím como os mais afectados pela seca e confirma a chegada do primeiro carregamento de ajuda de emergência

A seca destruiu as colheitas e milhares de pessoas correm risco de crise alimentar em Angola (Arquivo)
A seca destruiu as colheitas e milhares de pessoas correm risco de crise alimentar em Angola (Arquivo)

Multimédia

Áudio
Fernando Caetano
Os municípios do Sumbe e Porto-Amboim foram os primeiros a serem contemplados no âmbito do combate a fome e a pobreza.

O governo através do ministério de assistência e reinserção social acabou de anunciar o apoio alimentar a cerca de 3 mil famílias nesses dois municípios provinciais.

Ernestina Faustudo tem 90 anos de idade e está entre os beneficiários da ajuda governamental. Residente na periferia da cidade do Sumbe, a idosa diz que jamais assistiu a seca por esta altura do ano. Nunca segundo ela se registou em tal situação para as populações se dependerem de ajudas humanitárias. Com as chuvas que já começaram a cair a anciã antevê dias melhores.

O director provincial de assistência e reinserção social, Manuel Macedo, que anunciou a distribuição da ajuda humanitária do governo, através da Rádio local, disse que as autoridades estão conscientes das responsabilidades impostas pela seca e que num tal contesto de penúria elas são cada vez mais acrescidas.

Manuel Macedo tranquiliza a população sobretudo aos populares cujas localidades foram identificadas como sinistradas pela estiagem, que os produtos para colmatar a fome chegarão as suas  zonas de residência proximamente.

“Serão beneficiadas cerca de duas mil e setecentas e noventa e uma famílias, com uma média de 6 quilos per capita semanais e hoje mesmo chegou também um carregamento para o município do Sumbe. Embora não completo, chegou cerca de três toneladas de arroz e esta quantidade é complementada com outros produtos. Penso que dentro de alguns dias os outros produtos vão chegar mas a verdade é que os municípios que nós apontamos, como aqueles que tiveram o problema da estiagem vão ser contemplados.”

Os municípios contemplados são os do Sumbe, Porto-Amboím, como primeiros a receberem ajuda humanitária.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Mãe Trabalhadora - trailler do filmei
X
22.10.2014 18:29
O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Nascimentos na Libéria em tempos de Ébola

O hospital JFK na Libéria tinha encerrado a maternidade, devido ao Ébola, mas urge agora reabrir o serviço que já fez 93 partos desde que voltou a abrir
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 15 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Mais Vídeos