sábado, 07 março, 2015. 01:39 UTC

Notícias / Angola

Paludismo e outras doenças enchem hospital de Porto Amboim

No município do Amboim as doenças diarreicas e respiratórias agudas dominam o tecido de enfermidades com que se debatem as populações.

Fernando Caetano
No município do Amboim as doenças diarreicas e respiratórias agudas dominam o tecido de enfermidades com que se debatem as populações.
Associado a estas enfermidades está também o paludismo que cada dia que passa vai ganhando mais corpo e o índice de internamento tende a aumentar.

No hospital regional do Amboim, cerca de cento e vinte pacientes estão internados pelas causas atrás referenciadas sendo as  crianças as mais  vulneráveis.

O director administrativo do referido hospital  Armando Fernando disse que por essa altura do ano, essas têm sido as doenças que mais afectam as populações.

Instado a pronunciar-se sobre a existência de fármacos e onde se regista a doença com maior intensidade, Armando Fernando, sustentou que fármacos existem, a periferia da cidade e demais comunidades são as zonas mais afectadas.

O grande problema como fez referência consiste na falta de especialistas de saúde pois como disse a unidade tem recorrido a especialistas já reformados e os que estão à porta da reforma:

«Em termos de internamento, nesse tempo normalmente os números tendem a crescer. Nesse preciso momento temos cerca de 120 internados. Na sua maior parte o número é mais em pediatria. Pediatria nesse momento temos 46 pacientes mas com tendências de subir cada dia que passa mas, tudo está controlado. Normalmente o que as vezes aflige um pouco é o problema do pessoal que está passar a reforma e que não tivemos nenhuma substituição durante o ano e do concurso, estamos a aguardar até presente momento».

Era o director administrativo do hospital regional do Amboim Armando Fernando e o quadro das enfermidades que se registam no município do Amboim, província do Kwanza-Sul. De recordar que a situação da falta de quadros para o sector da saúde sobretudo para os municípios vem se arrastando há anos e a direcção da saúde nunca veio à público esclarecer os motivos que estão na base da não injeção de recursos humanos lá onde é mais necessário.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 6 Março 2015i
|| 0:00:00
...  
🔇
X
06.03.2015 19:00
As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 6 Março 2015

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha: Robin Thicke e Pharrell Williams em tribunal

O episódio 5 da #Passadeira Vermelha vai desde casos em tribunal a banhos gelados de celebridades. Veja também quem ainda se mantém no TOP 3 da música nos EUA e o trailler do filme de Will Smith "Focus", que é um sucesso de bilheteira
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha: Noivados de celebridades, filmes e muita música

O episódio 4 da #PassadeiraVermelha traz as peripécias do palco dos Oscars, os vestidos babados, noivados muito falados, as músicas que estão a liderar o TOP 3 americano, com Bruno Mars há semanas consecutivas e muito mais!
Vídeo

Vídeo Power Africa: Visão dos desafios e obstáculos em África devido à falta de energia

Os apagões são uma realidade por toda a África, com as faltas de electricidade a afectarem quase diariamente países ricos e pobres. Que desafios se colocam? Há uma geração energética e de abastecimento em África? O que está a ser feito para que a luz não se apague?
Vídeo

Vídeo Marcha em Moscovo homenageia líder da oposição assassinado

Milhares marcharam em homenagem a Boris Nemtsov, líder da oposição russa, assassinado em Moscovo quando passeava com a namorada pela ponte com vista para o Kremlin, na capital da Rússia. Boris Nemtsov assassinado com quatro tiros
Mais Vídeos