sexta-feira, 31 outubro, 2014. 10:37 UTC

Notícias / Estados Unidos

John Kerry na primeira deslocação ao estrangeiro

O conflito na Síria encontra-se no topo da agenda de Kerry

Secretário de Estado John Kerry
Secretário de Estado John Kerry
Scott Stearns
O secretário de Estado John Kerry parte no domingo para a Europa e o Médio Oriente – na primeira deslocação ao estrangeiro.

O conflito na Síria encontra-se no topo da agenda de Kerry.


Com a guerra civil a assolar os arredores de Damasco, o itinerário do secretário Kerry na Europa e no Médio Oriente inclui encontros com opositores do presidente sírio Bashar al-Assad.

Segundo a porta-voz do Departamento de Estado Victoria Nuland referiu tratar-se como uma deslocação de auscultação.

Os contactos europeus renovaram o embargo de armamento embora fornecendo maior apoio para a população civil.

O secretário britânico do estrangeiro William Hague.

“Isto vai permitir nos um aumento do equipamento para ajudar a proteger as vidas do civis sírios e permitir igualmente fornecer assistência e conselho que não tínhamos até agora autorização para o fazer”.

O secretário Kerry não estranho à situação na Síria, tendo recordado que durante a audiência de confirmação como o presidente Assad tinha solicitado ajuda.

Kerry recordou que Assad tinha tentado encontrar forma de apelar ao ocidente para encontrar uma forma de compromisso.

O aliado de longa data de Assad, a Russia está a forçar conversações com a oposição. Kerry irá encontrar-se em Berlim, com ministro dos estrangeiros russo Sergei Lavrov, que considera prioritário o dialogo sobre a Síria.

Lavrov sustenta que a situação mudou e que é importante que a prontidão da oposição Síria para o diálogo seja acompanhada da confirmação pelo governo da sua prontidão.

A porta-voz do departamento de Estado Nuland sublinhou que Kerry está pronto a trabalhar com Lavrov para encorajar todos os sírios a iniciar uma transição política.

Segundo Nuland os russos têm tido uma certa influencia, e que competira aos Sírios onde desejam que ocorra o diálogo, se considerarem que a oferta de Moscovo pode ser útil.

O secretário Kerry irá encontrar-se com responsáveis governamentais em Londres, Paris, Berlim, Riad, Anacara, Cairo, Abu Dhabi e Doha, bem como com dirigentes da oposição síria na cidade de Roma.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Americanas 30 Outubro 2014i
X
30.10.2014 21:02
As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 30 Outubro 2014

As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Mais Vídeos