sexta-feira, 24 outubro, 2014. 09:29 UTC

Notícias / Estados Unidos

John Kerry na primeira deslocação ao estrangeiro

O conflito na Síria encontra-se no topo da agenda de Kerry

Secretário de Estado John Kerry
Secretário de Estado John Kerry
Scott Stearns
O secretário de Estado John Kerry parte no domingo para a Europa e o Médio Oriente – na primeira deslocação ao estrangeiro.

O conflito na Síria encontra-se no topo da agenda de Kerry.


Com a guerra civil a assolar os arredores de Damasco, o itinerário do secretário Kerry na Europa e no Médio Oriente inclui encontros com opositores do presidente sírio Bashar al-Assad.

Segundo a porta-voz do Departamento de Estado Victoria Nuland referiu tratar-se como uma deslocação de auscultação.

Os contactos europeus renovaram o embargo de armamento embora fornecendo maior apoio para a população civil.

O secretário britânico do estrangeiro William Hague.

“Isto vai permitir nos um aumento do equipamento para ajudar a proteger as vidas do civis sírios e permitir igualmente fornecer assistência e conselho que não tínhamos até agora autorização para o fazer”.

O secretário Kerry não estranho à situação na Síria, tendo recordado que durante a audiência de confirmação como o presidente Assad tinha solicitado ajuda.

Kerry recordou que Assad tinha tentado encontrar forma de apelar ao ocidente para encontrar uma forma de compromisso.

O aliado de longa data de Assad, a Russia está a forçar conversações com a oposição. Kerry irá encontrar-se em Berlim, com ministro dos estrangeiros russo Sergei Lavrov, que considera prioritário o dialogo sobre a Síria.

Lavrov sustenta que a situação mudou e que é importante que a prontidão da oposição Síria para o diálogo seja acompanhada da confirmação pelo governo da sua prontidão.

A porta-voz do departamento de Estado Nuland sublinhou que Kerry está pronto a trabalhar com Lavrov para encorajar todos os sírios a iniciar uma transição política.

Segundo Nuland os russos têm tido uma certa influencia, e que competira aos Sírios onde desejam que ocorra o diálogo, se considerarem que a oferta de Moscovo pode ser útil.

O secretário Kerry irá encontrar-se com responsáveis governamentais em Londres, Paris, Berlim, Riad, Anacara, Cairo, Abu Dhabi e Doha, bem como com dirigentes da oposição síria na cidade de Roma.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 23 Outubro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
23.10.2014 18:54
As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Nascimentos na Libéria em tempos de Ébola

O hospital JFK na Libéria tinha encerrado a maternidade, devido ao Ébola, mas urge agora reabrir o serviço que já fez 93 partos desde que voltou a abrir
Mais Vídeos