terça-feira, 28 julho, 2015. 21:43 UTC

Notícias / Angola

Lubango aguarda com expectativa decisões do novo governador sobre demolições

O plano de reordenamento da cidade iniciado em 2008 pelo então governador, Isaac dos Anjos, ficou marcado por contestadas e polémicas demolições.

Senhora do Monte, Lubango (Angola)
Senhora do Monte, Lubango (Angola)
Teodoro Albano
As organizações da sociedade civil aguardam com expectativa a forma como o novo governador da Huíla, João Marcelino Tchipingui, irá lidar com o processo de requalificação da cidade do Lubango.

O programa iniciado em 2008 pelo então governador, Isaac dos Anjos, ficou marcado pelas contestadas e polémicas demolições em 2010 que deixaram mais de duas mil famílias ao relento mas teve o mérito de dar origem a novos e muito cobiçados bairros também designados por novas centralidades.

A Associação Construindo Comunidades, ACC, ligada a defesa dos direitos humanos na Huíla espera que o novo governador, João Marcelino Tchipingui, continue com o projecto de requalificação da cidade com base no respeito da dignidade humana.

O padre Jacinto Pio Wakussanga acredita na sensibilidade do actual gestor da província, com quem, refere, já trocou impressões sobre o assunto enquanto apenas 1º secretário do partido no poder;

“Acredito de facto que já há uma base de diálogo cimentada a nível pessoal neste sentido, só auguramos ao novo governador que realmente, enfim, não haja mudança radical no sentido de reverter os pontos de vistas já construídos a partir daquela altura haja de facto compromisso com o cidadão compromisso com as leis nacionais e os pactos internacionais”.



E a associação Mãos Livres, na voz do advogado, David Mendes, duvida que possa haver mudanças significativas na atitude de João Marcelino Tchipingui na gestão do processo; “Este governador foi o 1º secretário do MPLA durante todos estes anos e durante o mandato dele enquanto 1º secretário do MPLA não vimos nenhuma acção dele contra as demolições por isso temos algumas dúvidas”.

E João Marcelino Tchipingui garante que a requalificação da capital da Huíla está entre as prioridades do seu governo.

O chefe do executivo da Huíla não detalha como irá proceder, mas faz saber que é preciso acabar com a anarquia provocada pelo tempo de guerra; “Foi um momento difícil momento de guerra que não se podia impedir que as populações construíssem onde pudessem também nessa altura a administração perdeu capacidade porque o assalto era muito grande, mas agora chegou o momento de irmos resolvendo paulatinamente o problema dessas populações e fazer com que as vias possam interligar e acabarmos com o problema dos engarrafamentos desnecessários e temos que tomar conta do Lubango”,  governador da Huíla, João Marcelino Tchipingui.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Sudão: música salva pessoas da mortei
X
28.07.2015 06:19
Em 2012 o realizador sudanês Hajooj Kuka realizou um documentário entre os refugiados da Guerra civil no Nilo Azul, Sudão, e na região montanhosa de Nuba. E surpreendeu-se com o que ali viu – a música estava a ajudar a salvar pessoas que estavam a ser alvo de ataques aéreos do seu próprio governo
Vídeo

Vídeo Sudão: música salva pessoas da morte

Em 2012 o realizador sudanês Hajooj Kuka realizou um documentário entre os refugiados da Guerra civil no Nilo Azul, Sudão, e na região montanhosa de Nuba. E surpreendeu-se com o que ali viu – a música estava a ajudar a salvar pessoas que estavam a ser alvo de ataques aéreos do seu próprio governo
Vídeo

Vídeo Marvel Comics lança um novo Homem-Aranha: Miles Morales

Seja em quadradinhos ou na tela do cinema, fãs estão acostumados a ver Peter Parker por trás do Homem-Aranha. Mas isto está a mudar. A Marvel Comics lançou Miles Morales para substituir Peter Parker em uma nova série de quadradinhos. Ele é metade latino e metado afro-americano e já é bem popular.
Vídeo

Vídeo Procuradoras mulheres da Somália para fazer a diferença

Numa nação marcada por um longo conflito, corrupção e impunidade, o governo da Somália espera reconstruir o sistema de justiça do país e pela primeira vez trouxe seis procuradoras mulheres ao processo
Vídeo

Vídeo Jornalista cego da Somália

Apesar da melhoria de segurança, nos últimos anos, Somália continua um dos países mais perigosos para ser jornalista, pior para que não tem a capacidade de ver. Abdifatah Hassan Kalgacal têm reportado na última década a partir da capital daquele país. É cego
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Julho 2015

As imagens noticiosas de Africa
Mais Vídeos