domingo, 26 outubro, 2014. 01:50 UTC

Notícias / Angola

Autoridades do Huambo pedem ajuda aos cidadãos para combater excessos da polícia

As províncias do Huambo e Luanda as regiões com graves abusos de autoridade por parte de agentes da polícia

Polícia em acção
Polícia em acção
As autoridades no Huambo pedem a ajuda dos cidadãos para combater os excessos da polícia. Recentemente, realizou-se na província um seminário sobre direitos humanos para polícias. E foram criados na cidade do Huambo guichés onde os cidadãos podem apresentar queixas contra comportamentos incorrectos ou ilegais dos agentes.

Godinho Cristóvão, do Programa de Formação sobre Advocacia, Género e Direito Humanos, da ONG angolana AJPD, disse no Huambo que, o modelo de policiamento adoptado pelas autoridades angolanas, não assegura a protecção dos direitos humanos no país.

As autoridades polícias reconhecem haver excessos afirmando que tudo estão a fazer para o melhoramento da sua actuação.

O activista que falava a Voz da América, à margem de um recente seminário de formação sobre advocacia, género e direitos humanos, dirigido aos agentes polícias e membros da sociedade civil do Huambo, referiu que a polícia angolana se revela cada vez mais repressiva, o que segundo ele, tem originado “o distanciamento entre o cidadão e as autoridades polícias.”

Descreveu a polícia como uma instituição que inspira muito pouca confiança a população devido ao comportamento violento de vários dos seus quadros e agentes.
Defendeu a necessidade de um policiamento de proximidade e comunitário, para a resolução dos problemas que afectam a segurança pública e redução do sentimento de insegurança que toma conta da sociedade angolana.

Apontou as províncias do Huambo e Luanda como as regiões com graves abusos de autoridade por parte de agentes da polícia.

O encontro teve a duração de dois dias. Ao tomar a palavra no último dia de formação, Maurício Dias, director provincial para ordem pública do Huambo, disse que o comando provincial da polícia está preocupado com os excessos por parte de vários agentes seus e foram criados guichés de reclamação onde o cidadão pode recorrer em caso de seus direitos serem agredidos por polícias.

Durante a formação, os participantes tiveram acesso a uma colectânea de temas de reflexão sobre a acção policial e direitos humanos em Angola.

A obra da AJPD aborda o caso paradigmático da actuação de um sem número de agentes policiais, cujo comportamento agressivo, desonesto e corrupto, contrariando a deontologia mais elementares de servidor publico, faz aumentar o distanciamento entre o cidadão e o Estado.

Os participantes analisaram temas como, Direitos Humanos e Género e VIH/Sida e Perspectiva Legal, a Policia Comunitária e os Seus Desafios. O evento teve como objectivo aumentar a cultura cívica dos participantes.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: joao antonio de: lobito
27.12.2012 08:22
esta nao e policia de seguranca publica mas sim um exercito paralelo porque nao se subordina ao ministerio da justica portanto sao militares dentro das cidades qwue o seu normal afazer e a intimidacao pemanente da sociedade angolana

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 24 Outubro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
24.10.2014 18:05
As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Mais Vídeos