quinta-feira, 17 abril, 2014. 21:40 UTC

Notícias / Angola

Huíla precisa de mais informações sobre HIV/Sida

ONG financiada pelos Estados Unidos diz que para além de insuficiências há também fragilidades nos programas de sensibilização, apoio e combate ao Sida

Multimédia

Áudio
Tamanho das letras - +
Teodoro Albano
O projecto de prevenção e combate do VIH/Sida defendeu mais meios e apoios de sensibilização para preparar as comunidades nas zonas mais distantes na província da Huíla na luta contra a pandemia do século.




Trata-se de uma constatação do coordenador do projecto Proactivo em matéria de VIH/Sida desenvolvido nos municípios do Lubango e Chibia pela Acção de Solidariedade e Desenvolvimento ASD, financiado pelo serviço internacional para a população PSI através da USAID.

Elias Amaral sustenta que a extensão da província que conta 14 municípios justifica mais projectos virados para a sensibilização das comunidades sobre os cuidados relativos a doença. Para ele, durante a implementação do projecto que tem como grupo alvo camionistas, trabalhadoras do sexo e seus clientes se tem notado algumas fragilidades de funcionamento dos centros de aconselhamento e testagem voluntária.

“Um dos primeiros problemas que o grupo alvo tem apresentado é mesmo a insuficiência dos serviços de ATV porque normalmente quando nós pegamos os nossos utentes para encaminharmos no centro de saúde para fazer o teste voluntário, normalmente o técnico não está ou se está não pode atender ou se atender é um número acima da média que um o técnico de saúde tem que fazer, porque normalmente um técnico de saúde por dia tem que fazer cinco testes de VIH e nos aparece mais de cinco testes de VHI num só dia e me pergunto será que tem existido o pré e o pós aconselhamento? Ou só tem existido a testagem voluntária?”

Elias Amaral afirmou que o volume de informação nos principais centros urbanos contrasta com a falta dela em outras zonas nas quais o grau de vulnerabilidade para a doença é maior, situação que levanta preocupação.

“Os projectos normalmente têm sido muito focalizados ao município do Lubango e este em termos de informação está acima de todos, mas não tem em vista as áreas mais críticas por exemplo temos a Matala temos Quilengues também é um município de trânsito temos Caluquembe temos a Jamba e normalmente as campanhas de testagem só com acontecem quando existe alguma efeméride.”

O projecto Proactivo que tem a duração de nove meses e se estende até Junho de 2013 está avaliado em 60 mil dólares.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 17 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
17.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Vídeo

Vídeo A luta dos medicamentos baratos

O Governo da África do Sul vai aprovar reformas sobre propriedade intelectual – incluindo patentes de medicamentos – que para activistas de saúde poderão permitir que mais sul-africanos possam ter acesso a medicamentos genéricos,
Mais Vídeos