quarta-feira, 23 abril, 2014. 17:32 UTC

Notícias / África

Ban Ki moon quer "roteiro" internacional para a Guiné-Bissau

Secretário geral da ONU rejeita eleições programadas pelas autoridades "de facto" guineenses.

Ban Ki moon
Ban Ki moon
Tamanho das letras - +
Redacção VOA
O Secretário-geral da ONU Ban Ki moon vai propôr Terça-feira um roteiro político elaborado pela União Africana, Nações Unidas, países da africa ocidental e CPLP para se resolver a crise na Guiné-Bissau.




O Conselho de Segurança da ONU reúne-se Terça-feira em Nova Yorque e em análise vai estar um relatório de Ban Ki Moon em que este pinta um quadro sombrio sobre a situação no país.  Ban Ki Moon diz ainda que não existe ambiente para a realização de eleições como programado pelas autoridades saídas do golpe de estado

No seu relatório Ban Ki moon diz que a missão da ONU em Bissau deverá intensificar esforços coma União Africana para um encontro o mais ràpidamente possível entre representantes das autoridades de facto da Guiné Bissau e o governo deposto para acordar nas próximas etapas “para se restaurar a ordem constitucional”.

Ban diz que estão ser levados a cabo esforços para  se estabelecer um roteiro político  elaborado pela União Africana, a ONU, a União Europeia, a Comunidade de estados da África ocidental, CEDAO e Comunidade de países língua portuguesa a CPLP em consulta com as forças política guineses para se restabelecer a ordem constitucional.

No documento o Secretário-geral da ONU revela que em Setembro o presidente de transição na Guiné Bissau Serifo Nhamadjo se reuniu em Nova Yorque com o deposto presidente Raimundo Pereira e que subsequentemente os ministros dos negócios estrangeiros do governo deposto e das actuais autoridades se tinham também reuunido  e alcançado um acordo princípio.

Segundo Ban Ki moon tinha-se acordado nesse encontro no envio para a Guiné Bissau  de uma missão conjunta da União Africana, ONU, CEDAO, União Europeia e CPLP e que a União Africana iria negociar uma reunião em Addis Abeba entre representantes das duas partes.

Contudo o Secretário-geral da ONU faz notar que subsequentemente as actuais autoridades na Guiné-Bissau tinham acusado a ONU de não jogar um papel de reconciliação.

Ban ki moon acusa as autoridades guineenses de terem “ilegalmente “ passado buscas a veículos da ONU em Bissau afirmando ainda que funcionários nacionais e estrangeiros da ONU foram “intimidados por pessoal das forças de segurança e dos serviços secretos”.

O dirigente da ONU manifesta  o que diz ser profunda preocupação pela continua influência das forças armadas sobre as questões política do país e cita violações de direitos humanos e actos de intimidação pelos militares.

Ban Ki moon disse  haver provas de um aumento do tráfico de drogas e actividade de crime organizado no país desde o golpe de estado de 12 de Abril.

O Secretário geral da ONu refere-se no seu relatório aos “preparativos”  que “as autoridades de facto” da Guiné-Bissau  estão a fazer para realizar eleições presidenciais e legislativas mas tonar claro que a ONU não apoia tais esforços.

“O actual ambiente político em que as partes nacionais interessadas estão profundamente divididas sobre a administração do processo de transição e sobre o futuro do país não é um ambiente  propício,” diz o relatório

Poa Ban Ki moon a Guiné Bissau faz face a a consequências desastrosas para sua população se o impasse continuar
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Bartolomeu Capita de: Suíça
11.12.2012 20:10
O Secretário-Geral da ONU, Dr. Ban Ki-moon, deveria ser menos parcial na questão da Guiné-Bissau (GB), onde os interesses estrangeiros não coincidem em nada com os do povo da GB. Agora que Angola tem plena mão sobre a União Africana por intermédio da África do Sul, a reconquista da África e a re-escravização dos Africanos pela União Europeia vão concretizar-se num futuro não muito distante. E isto, graças à lamentável, crescente e perigosíssima instrumentalização das Nações Unidas por regimes criminosos como o de Angola, que serve-se das riquezas nacionais somente para subornar as instâncias internacionais a fim de que estas, em contrapartida, se contentem da sua eternidade no poder sem a menor consideração pelos milhões de velhos, crianças e mulheres que o despótico regime deixa apodrecer na miséria, na atrocidade e no sofrimento. No ano passado, o então vice-presidente de Angola, Fernando da Piedade Dias dos Santos (Nandó), foi acusado de financiar o terrorismo internacional ao ponto de ser impedido de entrar nos EUA. Hoje, graças ao petróleo que é pilhado em CABINDA, Nandó é mais sacro do que o Apóstolo Paulo. A Guiné-Bissau, por não ter onde roubar petróleo, esta jamais conseguirá santificar-se!

http://cabindacitizenship.files.wordpress.com/2012/11/observac3a7c3b5es-do-movimento-nacional-cabinda-ao-secretc3a1rio-executivo-da-cplp1.pdf


por: Rui Manuel da Costa de: Bissau
11.12.2012 12:22
mais uma vez o senhor Ban Ki Moon, esta impenhado em criar confusão atraves do seu representante senhor MUTABOBA, este ultimo viveu no luxo na GB, com JEEP prova de balas, gastando bilhões de Fcfa, enquanto morre sentenas de crianças por dia por falta de vacina.

será que organizações internacionais que irá resolver crise na GB? ao longo de mais de 12 anos que ONUGBIS no pais o qué que fez para estabilizar a GB?
projectar encontro com organizações que não reconhecem autoridades do pais como é possivel assim?
Se ONU não quis apoiar elições que não apoie. A GB, continuará a ser menbro da ONU.
o quê que ONU fiz perante assassinatos de 2009 na GB? onde estava o dito MUTABOBA? onde estava UE? onde CPLP? onde estava CEDEAO?
MUTABOBA deve abondonar a GB mas urgente possivel.

Ban Ki Moon, donde veio drogas? Ban Ki Moon a GB é unico pais que armaniza drogas no mundo? qual é destino final de drogas? será que drogas que chega GB, não tem provinencia?

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 23 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
23.04.2014 16:00
Mais Vídeos