quarta-feira, 22 outubro, 2014. 01:33 UTC

Notícias / África

François Hollande visita Mali e diz que intervenção francesa vai continuar

O presidente francês foi recebido como um herói na cidade nortenha de Timbuktu recentemente libertada dos militantes islamitas.

Redacção VOA
No último mês a França enviou aviões e cerca de 3 mil e 500 soldados para o Mali para ajudar o governo de Bamako a expulsar os militantes islamitas ligados à al Kaida que ocuparam o norte do país.

Visitando o Mali no fim-de-semana, o presidente francês, François Hollande, afirmou que as forças francesas não abandonarão o Mali enquanto a situação não estiver estabilizada e que as forças regionais estejam preparadas para lutar ao lado do exército maliano.

O presidente francês foi recebido como um herói no sábado na cidade nortenha de Timbuktu recentemente libertada dos militantes islamitas.

A visita de Hollande assinalou o termo daquilo que entidades oficiais consideraram como uma primeira fase, coroada de sucesso, da intervenção francesa no Mali: “ Os grupos terroristas estão enfraquecidos. Sofreram pesadas baixas mas não desapareceram. Portanto temos que continuar a persegui-los. A França permanecerá ao lado do Mali o tempo que for necessário, ou seja até que os africanos estejam prontos a substitui-nos. Mas até estaremos do seu lado até ao fim, até ao norte do Mali.”

Soldados do Chade e do Níger estão a ajudar as forças malianas e francesas a manterem a segurança nas zonas reconquistadas do norte, uma vasta zona do deserto do Saará.

Cerca de 8 mil soldados africanos estão a deslocar-se para o Mali, mas só deverão estar operacionais no final de Fevereiro. Analistas afirmam que essa força regional poderá então ser envolvida numa guerra de guerrilha para a qual nem ela nem o exército maliano estão preparados.

Mesmo as forças francesas tiveram que recorrer aos seus aliados para transportarem as suas tropas e os respectivos abastecimentos para o Mali, um país sem acesso ao mar.

Trata-se também de um país com vastas extensões de território e neste momento as colunas de abastecimento francesas demoram cinco dias a percorrer os mil e 200 Km que separam Bamako da recém-libertada cidade nortenha de Gao.

Este tipo de dificuldades logísticas com que as forças francesas se deparam deverão certamente multiplicar-se quando as forças africanas com menos preparação e equipamento começarem a actuar no terreno.

Muitos analistas no Mali afirmam que uma saída prematura das forças francesas do país poderia constituir um autêntico desastre.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 21 Outubro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
21.10.2014 18:07
As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Nascimentos na Libéria em tempos de Ébola

O hospital JFK na Libéria tinha encerrado a maternidade, devido ao Ébola, mas urge agora reabrir o serviço que já fez 93 partos desde que voltou a abrir
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 15 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Libéria: Os bravos que recolhem os corpos das vítimas de Ébola

Na Monróvia, capital da Libéria, uma jovem não aceitou ir para o hospital quando os técnicos de saúde assim o solicitaram. E a comunidade em que vivia também não. A jovem morreu e muitos da comunidade estão infectados com Ébola e isto já começa a ser uma história comum na Libéria
Vídeo

Vídeo Qual é o significado estratégico de Kobani?

Kobani continua a ser palco de intensos combates entre militantes do grupo Estado Islâmico (ISIS ou ISIL) e forças curdas. Os EUA levaram a cabo mais ataques aéreos. A ONU adverte para o possível massacre de centenas de civis se a cidade cair totalmente nas mãos dos extremistas islâmicos.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 13 Outubro 2014

As noticias de Africa em video.
Mais Vídeos