sábado, 02 agosto, 2014. 06:30 UTC

Notícias / Angola

Centenas de pessoas ao relento no Uíge após governo demolir as suas casas

Autoridades dizem que demolições vão continuar. Casas foram construídas ilegalmente, diz a municipalidade

— Centenas de pessoas no bairro Katapa arredores da cidade do Uíge estão
ao relento, depois das autoridades terem demolido as suas casas que dizem ter sido construídas ilegalmente.


As demolições começaram há três dias e prosseguem em oturas periferias da cidade.
Residentes mostraram-se indignados com as acções das autoridades.
“Nós não somos lixo,” disse um dos habitantes cuja casa foi destruída.

“Os fiscais da administração municipal vieram destruir as nossas casas,
disseram-nos que construímos nas reservas do estado, mais assim vamos
a onde?,” interrogou outro.

O administrador municipal do Uíge, Augusto Justino, disse que as
demolições vão continuar, afirmando ser a única solução para fazer a
requalificação dos subúrbios.

Justino fez notar que os residentes tinham sido avisados e sublinhou que continuam a existir casas construídas ilegalmente.

“Por exemplo as casas construídas ao longo da conduta da água, naturalmente todas estas pessoas já foram notificadas, para posteriormente serem demolidas as suas residências”, disse.

A CASA-CE, foi solidarizar-se com as vítimas. O porta-voz da daquela
formação política no Uíge, Olavo Castigo, condenou atitude do governo,
considerando ser uma grave violação dos direitos humanos.

“Achamos nós que o governo dirigido pelo Paulo Pombolo, deveria
dialogar com o povo, no sentido de encontrarem possíveis soluções, e
não deixar eles a sua sorte” referiu Olavo Castigo.

“Nós vamos voltar a visitar em outras áreas que também estão na mesma
situação,  e depois vamos procurar dialogar com governador, para que
encontre formas de dar trato ao povo”, acrescentou o político.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Anónimo
10.12.2012 21:59
O TAL PAULO POMBOLO E UM MATUSQUEIRO , NASCEU NO MATO , EU O CONHECO BEM... ESTA NO PODER POR CAUASA DO MILITANTISMO DO MPLA E NAO PASSA MAIS Q UM AUTOMATA DO MPLA .

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 1 Agosto 2014i
X
01.08.2014 20:33
Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Agosto 2014

Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos