segunda-feira, 24 novembro, 2014. 09:06 UTC

Notícias / Angola

CASA-CE perde mais uma batalha política contra o governo

Partido da oposição não conseguiu apoio do Tribunal Constitucional para inviabilizar a conversão do Fundo de Petróleo em Fundo Soberano

Membros do partido CASA-CE em Angola (Arquivo)
Membros do partido CASA-CE em Angola (Arquivo)

Multimédia

Áudio
Venâncio Rodrigues
O sonho da CASA-CE  de ver anulado o decreto presidencial  que cria o Fundo Petrolífero, que passou a  chamar-se Fundo Soberano, terá terminado depois que no último fim de semana o Tribunal Constitucional (TC) considerou não  inexistir qualquer inconstitucionalidade orgânica na  sua criação.
 
A instituição diz, em nota publicada em Luanda, trata-se  de  um órgão da Administração Pública na dependência única e exclusiva do Presidente da República.
 
O grupo parlamentar   da CASA-CE,  tinha solicitado ao TC a verificação da legalidade da constituição do Fundo pelo  Chefe de Estado.
Segundo o TC, o Fundo Petrolífero foi criado para administrar a gestão da Reserva Financeira Estratégica Petrolífera, aprovada pela Assembleia Nacional.

A decisão do Tribunal Constitucional surge depois que o conhecido constitucionalista português Jorge Miranda considerou  igualmente que o Presidente angolano não agiu à margem da Constituição quando criou, em decreto, o Fundo Petrolífero.

Dois dos onze juízes conselheiros,  designadamente, Luzia Sebastião e Imaculada Melo, não subscreveram o acórdão do TC por discordarem com o seu conteúdo.

Os dirigentes da CASA-CE prometem pronunciar-se sobre o assunto nas próximas horas.

Entretanto,  uma fonte desta formação que falou a VOA na condição de não ser identificada, acusou o TC  de ter transformado em acórdão os argumentos do constitucionalista Jorge Miranda que, para a fonte teve como base a realidade portuguesa.  

Segundo a fonte o constitucionalista fez tais argumentos a convite pessoal do presidente do TC  angolano, Rui Ferreira, num acto que considera ser “uma vergonha”.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Bneto&Bento de: Luanda
18.02.2013 10:20
A quando da feitura da constituição não foi tido nem achado comparação entre a constituição portuguesa, mas como o srº jorge miranda tambem recebeu um jaguar vem cá ganhar dinheiro. pelo que lembro-me do ponto de vista material a nossa constituição assemelhava-se com a sul africana e não portuguesa. cambadas de portugueses que ainda assim continuam seguindo nosso erário e riqueza.


por: joao antoni de: lobito' angola
18.02.2013 08:43
o que se sabe e que todo o fundo proveniente das receitas cambiais e do orcamento geral do estado como provenientes em parte dos impostos e tarifas devera ser gerido pelo ministerio de tutela que e o ministerio das financas e controlado pelo parlame4nto no controlo das contas do estado atravez do informe oficial do ministro das financas e que o tesouro do estado e que considero soberano e por lei pertence aos angolanos pois qualquer outra adaptacao deste principio juridico sobre competencias e tutela e pura e simplesmente inconstitucional , eu penso que os elementos que compoem o corpo juridico deste pais nao sao independentes e pouco conhecimento de direito comercial tem e para remetar imitar portugal e voltar a era dos dinossauros


por: Bartolomeu Simaõ de: Luanda
14.02.2013 18:11

Eu naõ considero o resultado como perda de batalha, devido a contrariedade dos dois juizes, e da boleia do TC nos pronunciamentos do sr jorge miranda.
A contrariedade dos dois juizes,é um facto politico consideravel, tem muitos significados.


por: adilson de: Benguela
11.02.2013 21:16
Neste País é dificil a verdade reinar. O próprio tribunal já à muito está corrompido pela corrupção. Não há claresa dos factos. Até nós que nascemos hoje temos rido destes a maneira como resolvem as coisas. É pena destes cotas, estão esquecido que a geração deles daqui a pouco desaparece. São burros.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 21 Novembro 2014i
|| 0:00:00
...  
🔇
X
21.11.2014 16:58
As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Novembro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 20 Novembro 2014

As notícias que marcam a actualidade do país liderado por Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 20 Novembro 2014

As imagens das noticias africanas
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 19 de Novembro 2014

Actualidade do continente africano em 60 segundos
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 18 Novembro 2014

A actualidade dos Estados Unidos da América em 60 segundos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 18 Novembro 2014

Os acontecimentos que marcam a atualidade do continente africano
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 17 Novembro 2014

As imagens das noticias africanas
Vídeo

Vídeo Piratas da Somália: Pescadores sem redes

Um homem decente que necessita de dinheiro é levado a trocar a pesca pela pirataria. Pescar Sem Rede é o novo filme que relata a vida dos piratas da Somália, a história contada por eles, o desespero que os leva a entrar nesta vida de crime.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 14 Novembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Mais Vídeos