terça-feira, 02 setembro, 2014. 23:46 UTC

Notícias / Angola

Abel Chivukuvuku em Washington

Dirigente da CASA CE defende aprofundamento de relações entre Estados Unidos e Angola

Abel Chivukuvuku, líder da CASA
Abel Chivukuvuku, líder da CASA
João Santa Rita
O líder da CASA CE Abel Chivukuvuku encontra-se em Washington para “partilhar a nossa visão sobre as perspectivas do futuro do nosso país, as transformações que Angola precisa de desenvolver e o papel da CASA” nesse processo.




Chivukuvuku chegou a Washington proveniente de uma viagem por diversos países europeus e na capital americana vai estabelecer contactos a nível do departamento de estado e com dirigentes no Congresso.

O dirigente da CASA CE disse à Voz da América que quer que sejam aprofundadas as relações entre os Estados Unidos e Angola não só a nível económico como também “entre as instituições americanas e as angolanas”.

“É preciso que essa interacção se  aprofunde e quantos mais encontros melhor,” disse Chivukuvuku para quem os Estados Unidos devem “encorajar Angola nas reformas políticas que precisa de desenvolver no amadurecimento do nosso processo democrático”.

O líder da CASA CE descreveu de “irresponsáveis” declarações do Secretário do MPLA para assuntos políticos, económicos e sociais em Luanda, Norberto Garcia, que disse no fim de semana á Voz da America que Chivukuvuku e o líder da UNITA Isaías Samakuva se deslocavam ao estrangeiros para “fazerem queixinhas porque não conseguem ganhar em casa”.

Isaías Samakuva esteve em Washington há poucas semanas atrás.

“Não me preocupam declarações irresponsáveis de dirigentes do MPLA,” disse Chivukuvuku para quem “a verdade é que a CASA é um factor incontornável em Angola e por isso o nosso papel não é só junto do eleitorado em Angola mas também com tudo que é o quadro internacional que se relaciona com Angola”.

“Angola não é um fenómeno fora do contexto internacional e por isso temos mesmo que partilhar e dialogar com todos esses segmentos,” acrescentou.

Para além de defender a “interacção” das relações entre as instituições publicas dos dois países, a CASA CE defende também um aprofundamento das relações económicas para além dos investimentos no petróleo para se fortalecer o combate à pobreza.

“Se o MPLA considera isso negativo só reflecte a falta de visão que os dirigentes do MPLA têm sobre Angola e sobre o mundo e sobre o futuro,” acrescentou.
Abel Chivukuvuku termina a sua visita a Washington na Quarta-feira.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Julio Estevao de: Angola
22.05.2013 12:10
Esse dirigente do Mpla pensa pouco só sabem roubar mais nada esta a criticar o qué? cambadas de anafebetos mentirosos de merda vocês serão meus guardas coisa que não vos mandaram falar querem falar é só mesmo para o presidente dizer que falaste

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 2 Setembro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
02.09.2014 17:06
Uma volta rápida em vídeo por temas africanos que são hoje notícia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 2 Setembro 2014

Uma volta rápida em vídeo por temas africanos que são hoje notícia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Agosto 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Ferguson olha para o Futuro

Um grande júri no estado de Missouri continua a ouvir testemunhos do caso que envolve a morte a tiro de um jovem africano-americano por um agente policial branco. O caso ocorreu no dia 9 de Agosto na cidade de Ferguson.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 28 Agosto 2014

As principais notícias que encerram a última semana do mês de Agosto, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Lei Russa Contra a Profanação

A Rússia promulgou em Julho uma lei que ameaça multar actos de profanação nos media, filmes, literatura, na música e no teatro. A restrição foi bem recebida por quem diz que a blasfémia está fora do controlo, outros rejeitam a decisão por considerarem tratar-se de paternalização e censura
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 27 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 26 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 26 Agosto 2014

Os principais títulos americanos na última semana de Agosto
Mais Vídeos