domingo, 26 abril, 2015. 04:55 UTC

Notícias / Mundo

Poluição da água atinge nível de crise na China

Governo de Pequim decidiu publicar relatórios mensais sobre a qualidade de água, após recentes vagas de poluição do ar e dos rios

Um residente chinês à margem de um dos afluentes do Rio Amarelo na China
Um residente chinês à margem de um dos afluentes do Rio Amarelo na China

Multimédia

Áudio
Redacção VOA
Na China a asfixiante poluição tem manchete na imprensa ultimamente, mas um outro problema de preocupação ambiental tem sido a poluição da água.

William Ide correspondente da VOA em Pequim tem acompanhado os debates em torno da qualidade de água na China e diz que quando um rio na província de Shanxi no nordeste da China foi contaminado por produtos químicos, foram preciso 5 dias para as autoridades reconhecerem e reportar o incidente.

E apesar da desculpa formal do edil e da demissão dos responsáveis da fábrica provocou a poluição, a descarga acabou por afectar a água e várias cidades que ficavam no ponto da zona da poluição. O caso arrasou com a credibilidade do governo perante a opinião pública.

Dados oficiais indicam que na China ocorrem 1700 acidentes por ano de poluição, e 40 por cento dos rios chineses estão altamente poluídos. E problema não se coloca apenas a poluição de fontes de água natural como também a sua escassez.
A cidade de Pequim é um dos lugares onde o debate sobre a qualidade e quantidade de água tornou-se numa questão séria.

Zhao Feihong é pesquisadora de água na Associação Sanitária de Pequim.

“De mais de 100 rios que existem actualmente em Pequim, apenas dois ou três podem ser usados para uso doméstico, e são os que o governo está a proteger. São dos que podemos usar, os restantes dos rios se não secaram ainda, estão poluídos pelas descargas dos esgotos.”

Zhao Feihong e o seu marido – que é também pesquisador de água – estiveram recentemente no centro de atenção, tanto na internet como na imprensa estatal, depois de terem confessados que há 20 anos que não bebem e usam para lavar a boca, a água canalizada de Pequim.

A história desse casal despertou a atenção, e a partir deste mês o governo da cidade começou a publicar relatórios sobre a qualidade de água. Zhao Feihong considerou esta acção de um passo positivo, especialmente porque a qualidade da água sempre foi um segredo de estado na China. A mesma acrescentou que a medida não era suficiente, e que em vez do público ficar a saber da qualidade da água, deviam igualmente conhecer o que fazer de imediato no caso de haver a contaminação da fonte de água que usam para beber.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Passadeira Vermelha: Star Wars, Oprah Winfrey e filha de Whitney Houston acendem os holofotes!i
X
24.04.2015 16:24
O episódio 12 da #PassadeiraVermelha da VOA traz novidades da Oprah Winfrey, uns miminhos do Star Wars, daqueles bem bons e vamos ver quem rebentou o record de vendas de bilheteira de cinema das últimas semanas!
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha: Star Wars, Oprah Winfrey e filha de Whitney Houston acendem os holofotes!

O episódio 12 da #PassadeiraVermelha da VOA traz novidades da Oprah Winfrey, uns miminhos do Star Wars, daqueles bem bons e vamos ver quem rebentou o record de vendas de bilheteira de cinema das últimas semanas!
Vídeo

Vídeo O Auxílio à morte nos Estados Unidos

Nos 18 anos da lei "Morte com Dignidade" no Oregon, cerca de 750 pessoas terminaram suas vidas com drogas letais. O medicamento também pode ser prescrito no Estado de Washington, Novo México, Vermont e Montana. Uma paciente terminal abriu o debate a outros estados
Vídeo

Vídeo Xenofobia na África do Sul

Na semana passada, a África do Sul foi tomada por ataques contra estrangeiros que moram no país. Alguns dizem que os ataques são culpa do legado do colonialismo, outros dizem que são problemas económicos da nação. Independentemente da causa, sul-africanos rezam pelo fim da violência.
Mais Vídeos